ANO: 25 | Nº: 6278
16/02/2018 Cidade

Parceria com Emater garante auxilio para Fazenda Esperança

Há pouco mais de quatro anos a Emater/RS-Ascar, através da Unidade de Classificação de Bagé, doa arroz para a instituição assistencial Fazenda Esperança. O produto é proveniente das amostras que, após as análises físicas (classificação) e decorrido o prazo legal de guarda, podem ser reaproveitadas, uma vez que apresentam boa qualidade para consumo. No ano de 2017, foi destinada mais de uma tonelada do alimento.

De acordo com o chefe da Unidade de Bagé, Rodinei Bucco, "as amostras de arroz chegam na Unidade de Classificação para a realização das análises físicas e as contraprovas devem ficar arquivadas pelo prazo determinado pelo Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa). Após esse prazo, são doadas para entidades assistenciais, como a Fazenda Esperança".

Segundo o presidente da fazenda, Franco Fabian de Oliveira, a entidade atende dependentes químicos entre 18 a 60 anos, auxiliando desde a base do tratamento de desintoxicação até o término do mesmo, e esse período leva em torno de um ano. Atualmente, atende 40 internos. "O arroz servido nas duas refeições diárias para os internos é uma quantidade bem significativa para o centro de recuperação", comenta Oliveira.

A Emater/RS-Ascar também auxilia com a doação de produtos vegetais para outras instituições legalmente constituídas, como entidades beneficentes, a exemplo da Casa da Menina, Casa do Guri, Fundação Geriátrica José e para a Auta Gomes da Santa Casa, dentre outras. Segundo o gerente adjunto da Classificação e Certificação, Gilceu Antônio Cippolat, "essas doações de alimentos auxiliam muito as instituições que prestam assistência social a manter e até ampliar o atendimento às pessoas carentes".

Em agradecimento às doações de arroz, a Fazenda Esperança emitiu um Certificado de Reconhecimento à Emater/RS-Ascar pela importância dessa ação. Segundo Oliveira, "todo o ano emitimos certificados a pessoas físicas e jurídicas, e a Unidade de Classificação de Bagé tem sido uma grande parceira, porque contribui com 100% do arroz consumido na Fazenda", salienta. 

Deixe seu comentário abaixo

Mais notícias da edição

Outras edições

Carregando...