ANO: 25 | Nº: 6353
21/02/2018 Cidade

Destino de estudantes da Escola Risoleta de Quadros deve ser Lavras do Sul

Foto: Cássio Lopes/Especial JM

Escola teve atividades suspensas no final do ano passado
Escola teve atividades suspensas no final do ano passado

As aulas da rede estadual iniciam na próxima semana e, até o momento, os estudantes da Escola Risoleta de Quadros ainda aguardam definição sobre onde irão frequentar o ano letivo de 2018. O Ensino Médio da instituição foi suspenso no final de 2017 e agora os estudantes dependem de convênio entre municípios para transportar as turmas até a escola onde serão matriculados.

Na segunda e terça-feira, representantes das prefeituras de Dom Pedrito e Lavras do Sul e o coordenador da 13ª Coordenadoria Regional de Educação, José Carlos Nobre, estiveram reunidos para tratar sobre a questão do transporte para os 30 estudantes afetados pela suspensão. O que ocorre é que a escola está situada na zona rural de Dom Pedrito, na Vila de São Sebastião, no distrito de Torquato Severo, e com a suspensão das atividades do Ensino Médio, os estudantes foram matriculados automaticamente na Escola Estadual Nossa Senhora do Patrocínio, localizada na zona urbana do município, há quase 100 km do vilarejo. Mas a alternativa mais viável, de acordo com as famílias dos estudantes, seria transportar a turma para aulas em Bagé ou no Instituto Estadual de Educação Doutor Bulcão, em Lavras do Sul, já que as duas alternativas estão há menos de 40 quilômetros de distância da vila.

Após as reuniões, Nobre reafirmou que os estudantes terão vaga garantida na escola que escolherem. Além disso, afirmou que o Estado está comprometido em repassar valor proporcional aos quilômetros percorridos para o município que se dispuser a fazer o transporte, através do convênio com a Secretaria de Educação do Estado. “Temos as vagas e os valores garantidos. Agora aguardamos o retorno das duas prefeituras e dos estudantes para ver o que foi definido”, disse.

O coordenador informou que uma força-tarefa foi montada para trabalhar exclusivamente em cima do processo de regularização da Escola Risoleta de Quadros, em conjunto com o Legislativo e Executivo de Dom Pedrito. A intenção é garantir que todas as exigências do Conselho Estadual de Educação sejam cumpridas, seguindo as diretrizes do parecer 580/2000. “Queremos resolver esta questão o mais rápido possível para que os estudantes não precisem sair de seu município para estudar”, destacou.

Cláudia Salines é mãe de um dos estudantes afetados e coordena o grupo de pais que busca uma solução ao impasse. Na última semana, ela recorreu ao Ministério Público para buscar garantir o transporte escolar para os estudantes e agora aguarda o retorno do órgão. No final da tarde de ontem, após uma reunião ocorrida na própria escola, ela conta que foi acertado com a empresa São João para que o transporte dos estudantes seja realizado até Lavras do Sul, onde devem frequentar a Escola Dr. Bulcão. "Até sexta-feira serão feitas as transferências dos estudantes", informa.

Mais imagens

Deixe seu comentário abaixo

Mais notícias da edição

Outras edições

Carregando...