ANO: 25 | Nº: 6330
22/02/2018 Cidade

Militares celebram 73 anos da Tomada de Monte Castelo com formatura

Foto: Tiago Rolim de Moura

Solenidade marca aniversário de uma das maiores conquistas da Força Expedicionária Brasileira
Solenidade marca aniversário de uma das maiores conquistas da Força Expedicionária Brasileira

O comando da 3ª Brigada de Cavalaria Mecanizada (3ª Bda C Mec) realizou, ontem, a formatura alusiva à Tomada de Monte Castelo, uma das maiores conquistas da Força Expedicionária Brasileira (FEB), em sua participação na Segunda Guerra Mundial. O evento aconteceu no 3º Regimento de Cavalaria Mecanizado (3º RC Mec), localizado na avenida Espanha, nº 64. A cerimônia marca os 73 anos do acontecimento, ocorrido em 21 de fevereiro de 1945, na Itália.
Na solenidade, integrantes da guarnição de Bagé homenagearam o ex-combatente da FEB, João Francisco da Silva, de 94 anos, o único bajeense remanescente que fez parte do batalhão a atuar no combate.

O ex-militar agradeceu a homenagem, realizada anualmente pela guarnição, e falou sobre a alegria de honrar a Pátria. Com emoção, relembrou dos dias e noites tempestuosas que passou com seus amigos no campo de batalha. “É triste lembrar os momentos e os amigos que não voltaram”, declara.

De acordo com o comandante da 3ª Brigada de Cavalaria Mecanizada, general José Ricardo Vendramin, a solenidade busca celebrar o momento e as vidas das pessoas que se mobilizaram para defender o país, além de cultuar a força do Exército Brasileiro e a sua capacidade de movimentar pessoas para a defesa da Pátria.   

O tenente Vanderlei Souza, responsável pelas Relações Públicas do Comando da 3ª Bda C Mec, salienta que a Tomada de Monte Castelo foi um episódio de grande importância para as tropas aliadas na Segunda Guerra Mundial, pois a elevação possuía grande importância tática, que permitiria o avanço das tropas em direção à Alemanha.

Mais imagens

Deixe seu comentário abaixo

Mais notícias da edição

Outras edições

Carregando...