ANO: 25 | Nº: 6332

Norberto Dutra

redacaominuano@gmail.com
Pastor e presidente da Igreja Assembleia de Deus de Bagé Doutor em Divindade
24/02/2018 Norberto Dutra (Opinião)

Jesus nunca discriminou

 

Trate as pessoas corretamente. Alguns anos atrás, Elvis Presley fez uma apresentação em Indianápolis, Indiana. Um deputado e xerife foi encarregado da segurança por trás dos bastidores. Ele reparou que um homem, vestido com uma jaqueta impermeável e velha, como se fosse um mendigo de rua, estava infiltrando-se. Quando o xerife se preparava para retira-lo do prédio, alguém o deteve e disse: “Aquele homem é o coronel Parker, o empresário de Elvis Presley”. O xerife ficou chocado, pasmado. Tinha julgado mal o homem por causa da sua aparência. Pare de ser preconceituoso com as pessoas. Sua primeira impressão é sempre limitada. Provavelmente está errada. Apenas os tolos tomam decisões permanentes sem conhecimento. Nunca aja como se a sua intuição e percepção estivessem sempre certas. Seu sucesso nos negócios será influenciado pelo preconceito, pelo medo e por qualquer discriminação que você acertar. Jesus jamais discriminou as pessoas pela raça, sexo, situação financeira ou aparência. Ele se sentia confortável na presença de pescadores e de cobradores de impostos. Ficava à vontade com homens e mulheres, ricos e pobres. Jesus sabia que todos possuem um potencial. Ele nunca descartou alguém simplesmente por causa do seu passado. Nascido de uma mãe que o concebeu virgem, Ele sabia o que significava ter um passado questionável. Mas estava acima disso. Jesus quebrou tradições. Quando os samaritanos eram considerados uma classe inferior de pessoas e os judeus nem mesmo falavam com eles, Jesus fez isso. Com efeito, Ele passou tempo com a mulher samaritana no poço, discutindo a vida inteira dela, e como era capaz de transformá-la. Pedro assim se expressou: “Percebo verdadeiramente que Deus não trata as pessoas com parcialidade” (Atos 10.34). Tiago escreveu: “Suponham que na reunião de vocês entre um homem com anel de ouro e roupas finas, e também entre um pobre com roupas velhas e sujas. Se vocês derem atenção especial ao homem que está vestido com roupas finas e disserem: “Aqui está um lugar apropriado para o senhor”, mas disserem ao pobre: “Você, fique em pé", ou: “Sente-se no chão, junto ao estrado onde ponho os meus pés”, não estarão fazendo discriminação, fazendo julgamentos com critérios errados?”(Tiago 2.2-4). Nunca elimine alguém da espiral do seu sucesso. Jesus nunca discriminou. Esse foi um dos Segredos da Liderança de Jesus. Deus abençoe a todos. Até o próximo sábado!

Deixe seu comentário abaixo

Mais notícias da edição

Outras edições

Carregando...