ANO: 26 | Nº: 6587
26/02/2018 Fogo cruzado

“O PT tem que retomar a caminhada”, diz Olívio Dutra

Foto: Antônio Rocha

Dutra:
Dutra: "O povo está desconfiando de todo esse jogo de interesses, onde funciona apenas para uma minoria"

 Aos 76 anos, o ex-governador do Rio Grande do Sul, Olívio Dutra, foi figura central de um roteiro desenvolvido pelo Partido dos Trabalhadores (PT), entre sexta-feira e domingo, por Bagé, Candiota e Hulha Negra. Militante desde a fundação da sigla e considerado exemplo dentro das variadas correntes da legenda, Dutra, em entrevista ao Jornal MINUANO, defendeu que a política é “fundamental” para melhorar o Estado e o País.

Convidado pela direção petista a visitar cidades gaúchas para ouvir demandas e, ao mesmo tempo, passar sua visão de como o partido deve se portar, numa espécie de mobilização interna da legenda, o ex-governador, que faz questão de expressar que não concorre mais a cargo eletivo, argumentou que, no atual momento, a população está cansada da política. “O povo está desconfiando de todo esse jogo de interesses, onde funciona apenas para uma minoria. Quando, na verdade, deveria servir para a construção do bem comum, com o protagonismo das pessoas”, ponderou. Neste aspecto, frisou que faz parte da obrigação da sigla, também, mostrar à população como o sistema funciona e por que a política é necessária para transformar o país num lugar melhor.

Dutra admitiu, durante a entrevista, que a sigla precisa se autoavaliar, mas sem deixar de defender a democracia. “O partido tem que dar o exemplo. O PT tem que retomar a caminhada. Mas, ao mesmo tempo, temos que lutar pela democracia. E o golpe de agosto de 2016 (impeachment de Dilma Rousseff) foi um ataque à democracia”, destacou ao emendar: “acusaram o PT de falcatruas, mas hoje vemos um governo ilegítimo e cheio de falcatruas”.

Como meta, o ex-governador deixou evidente que a candidatura de Luiz Inácio “Lula” da Silva à presidência, nas eleições deste ano, é uma prioridade do partido. “É uma luta séria e que precisamos vencer”, concluiu.

Responsável por organizar a agenda pela região, através de seu gabinete, o deputado estadual Luiz Fernando Mainardi exaltou a presença do ex-governador. “O Olívio é o maior militante do PT no Sul do País. Faz isso há 38 anos, desde a fundação, e é da sua natureza discutir a política e mostrar o melhor caminho. Trazer ele até aqui é importante neste momento. Estamos num período de organização e de debates, visando o programa de governo que vamos propor para o Rio Grande do Sul”, explicou.

Mainardi anunciou a vinda de Lula a Bagé, no dia 19 de março, em sua caravana pela região Sul do Brasil. “Temos orgulho de ser um lugar lembrado pelo presidente Lula. Aqui, tivemos uma grande batalha e uma grande conquista, que foi a Unipampa”, disse. Vale lembrar que, ainda em dezembro passado, em âmbito estadual, o PT definiu o nome de Miguel Rossetto como pré-candidato ao governo gaúcho para o pleito deste ano.

 

Mais imagens

Deixe seu comentário abaixo

Mais notícias da edição

Outras edições

Carregando...