ANO: 26 | Nº: 6524
01/03/2018 Cidade

Estudantes da Vila de São Sebastião continuam sem transporte escolar

Foto: Cássio Lopes/Especial JM

Escola teve funcionamento suspenso no final do ano passado
Escola teve funcionamento suspenso no final do ano passado

Ao contrário do que foi projetado na semana passada, nem todos os ex-estudantes da Escola Estadual Risoleta de Quadros, em Dom Pedrito, conseguiram vagas no Instituto Estadual de Educação Doutor Bulcão, em Lavras do Sul. Os jovens tiveram que ser transferidos após a suspensão das atividades do Ensino Médio na Vila de São Sebastião.
O ano letivo da rede estadual iniciou na segunda-feira. O filho de Cláudia Salines Rodrigues, um estudante de 15 anos do 1º ano do Ensino Médio, está participando das aulas, mesmo sem ter matrícula no Instituto Dr. Bulcão, em Lavras do Sul. O transporte do aluno tem sido disponibilizado pela família e não por passagens fornecidas pelo Estado junto ao ônibus da rota da empresa São João, conforme havia sido garantido pela Coordenaria Regional de Educação (13ª CRE).
Segundo a mãe do jovem, não há uma turma extra de primeiro ano para atender os cinco estudantes de primeiro ano da Vila de São Sebastião. Isto porque os estudantes nem teriam sido matriculados pela 13ª CRE. "Quando pensamos estar tudo encaminhado, descobrimos que estão tentando um transporte para Bagé. Para não abrir uma turma nova em Lavras, vamos passar por tudo de novo: matrículas, correria. Tudo o que nos foi prometido não foi cumprido", desabafa Cláudia.
Os alunos matriculados no segundo e terceiro ano da Escola Dr. Bulcão também ainda não contam com transporte até Lavras do Sul. Por isso, para não ficarem atrasados, perdendo as matérias dos primeiros dias de aula, alguns dos estudantes estão se deslocando por conta própria.
"Os alunos do primeiro ano estão na lista de espera da escola, com toda papelada da matrícula, esperando uma turma abrir para serem colocados no sistema. Vamos dar até sexta-feira para eles resolverem, se não libero de novo os papéis no Ministério Público e vamos para a frente da coordenadoria", declara Cláudia.
O responsável pela 13ª CRE, José Carlos Nobre, garante que, até o final desta semana, a questão do transporte será definida, logo após a definição da escola para onde serão remanejados os alunos. "Não há perdas para os estudantes porque as aulas iniciaram agora", afirma Nobre.
O Ensino Médio da Escola Risoleta de Quadros, instalado na Vila de São Sebastião, em Torquato Severo, foi suspenso no final de 2017 por configurar uma extensão irregular da Escola Estadual Nossa Senhora do Patrocínio, em Dom Pedrito. Surgiram, então, as alternativas: estudar no município de origem da vila, Dom Pedrito, mais de 100 quilômetros de distância, ou se deslocar para Bagé ou Lavras do Sul, para escolas estaduais mais próximas.

Deixe seu comentário abaixo

Mais notícias da edição

Outras edições

Carregando...