ANO: 25 | Nº: 6330
03/03/2018 Segurança

Balada Segura teve aumento de abordagens e redução nos casos de crime em Bagé

Foto: Arquivo JM

O número de crimes registrados nas operações da Balada Segura em Bagé diminuíram desde 2015, quando o total registrado foi de 23 casos. Conforme dados da Secretaria de Segurança e Mobilidade Urbana, em 2016, foram 17 casos e, no ano passado, 10. Assim como a Rainha da Fronteira, dados divulgados pelo Departamento Estadual de Trânsito do Rio Grande do Sul mostram que os números de pessoas embriagadas nas blitze reduziram.

O balanço do Estado foi apresentado pelo Detran, ainda no final de fevereiro, quando a operação completou sete anos. Em Bagé, a primeira fiscalização foi realizada no final de setembro de 2014. Neste período, foram três operações realizadas e 149 abordagens, 129 testes e apenas um caso de crime.

De 2015 para 2016, houve redução no número de operações – de 42 para 34 – e também de abordagens – de 2853 para 1.711. O número total de testes do etilômetro caiu 2.704 para 1429.

De 2016 para 2017, porém, mesmo com o número de operações reduzindo, o número de abordagens aumentou de 1.711 para 2.292 – 33%. Os testes passaram de 1.429 para 2.194. Foram oito recusas a menos e, apesar da queda no número de casos considerados crime, os processos administrativos gerados foram de 56 para 67.

Ainda segundo o Detran, ao longo dos sete anos, foram abordados, na Balada Segura, 440,8 mil condutores, quase 10% das pessoas que possuem CNH no Estado. Foram mais de sete mil blitze realizadas e 414,3 mil testes de etilômetro aplicados. Somando-se testes positivos e recusas, foram 37,8 mil motoristas retirados de circulação. Somente por crimes de trânsito, foram presos, nesse período de sete anos, 2,1 mil motoristas por dirigir embriagados.

Neste ano, as fiscalizações ainda não começaram. O secretário responsável pela pasta de Segurança e Mobilidade Urbana, Luís Diego Soares, entretanto, relatou que a ideia é manter a fiscalização em todos os finais de semana. As datas ainda devem ser agendadas com os outros órgãos de segurança.

Mais imagens

Deixe seu comentário abaixo

Mais notícias da edição

Outras edições

Carregando...