ANO: 25 | Nº: 6331

Norberto Dutra

redacaominuano@gmail.com
Pastor e presidente da Igreja Assembleia de Deus de Bagé Doutor em Divindade
03/03/2018 Norberto Dutra (Opinião)

Jesus ofereceu incentivos

Recompense aqueles que o ajudam a obter sucesso. As pessoas são motivadas por duas forças: a dor ou o prazer, o medo ou a recompensa, a perda ou o ganho. Por exemplo, você pode pedir ao seu filho que corte a grama, e ele ficar aborrecido e reclamar: ”Mas papai, eu não quero realmente cortar a grama hoje. Quero ir brincar com meus amigos”. Se isso acontecer, você terá duas formas de motivá-lo: a dor ou o prazer, o medo ou o incentivo, a perda ou o ganho. Você pode dizer por exemplo: “Então, filho, vou ter que discipliná-lo com a vara”. Esta é a motivação pela dor. Ou você pode usar o sistema de recompensa. “Filho, seu que você não esta com vontade, mas se fizer isso, eu lhe darei 20 reais”. Isso é um incentivo, uma recompensa, um ganho. Jesus usou os dois métodos para motivar. Jesus usou a motivação do medo para com os fariseus que o ridicularizaram. Ele lhes descreveu como o homem rico foi para o inferno, “sofrendo nesse fogo” (Lucas 16.24). Entretanto, quando Jesus estava conversando com Seus discípulos, usou as recompensas e os incentivos para motivá-los. “Na casa de meu Pai há muitos aposentos; se não fosse assim, eu lhes teria dito. Vou preparar-lhes lugar” (João 14.2). Você foi criado com um desejo de multiplicação. Piorar não é o natural. Lembre-se, todas as pessoas que você encontrar hoje têm um apetite para crescer. Elas querem ser beneficiadas. Não existe nada de errado nisso. Existe um comando dado por Deus no interior de cada pessoa para que ela se torne mais, para que multiplique (Gênesis 1.28). Examine cuidadosamente os benefícios que você oferece aos outros. Quem precisa do seu produto? Por que precisa? Que problema o seu produto resolve na vida das pessoas? O que você oferece aos outros que eles não conseguem encontrar em outro lugar? Estude os incentivos do seu negócio atual. Conheça-os “na ponta da língua”. As pessoas nunca compram o seu produto pelas razões que você o vende. Elas compram os produtos pelo que eles farão por elas. Davi perguntou quais eram as recompensas que ganharia se matasse o gigante Golias. Disseram-lhe que ele nunca mais teria que pagar impostos, e que poderia casar com a filha do rei. Davi pegou cinco pedras, e matou o gigante. Davi teve motivação. Teve um incentivo. As pessoas fazem as coisas por diferentes razões. Entreviste-as. Faça perguntas. Descubra quais são suas maiores necessidades. Pesquise quais são os seus maiores receios. Lembre-se, você está aqui para solucionar um problema. Gaste tempo para demonstrar aos outros “o que tem para eles”. Certifique-se de que eles compreendem as recompensas e os benefícios de negociar com você. Jesus fez isso. Jesus ofereceu incentivos. Esse foi um dos Segredos da Liderança de Jesus. Deus abençoe a todos. Até o próximo final de semana.

Deixe seu comentário abaixo

Mais notícias da edição

Outras edições

Carregando...