ANO: 24 | Nº: 6038
13/03/2018 Fogo cruzado

Em Bagé, prefeitos devem definir demandas para apresentar em Brasília

A Prefeitura de Bagé sediará, amanhã, a partir das 14h, uma reunião entre os prefeitos dos municípios das regiões Sul e Campanha que tiveram prejuízos registrados decorrentes da estiagem. A meta do encontro é acertar uma lista prioritária de demandas para ser exposta em Brasília, no dia 21, quando uma comitiva será recebida pelo ministro-chefe da Casa Civil, Eliseu Padilha.
Em sua última viagem à capital brasileira, no final de fevereiro, o prefeito de Bagé, Divaldo Lara, solicitou a articulação de uma reunião sobre o tema com a senadora Ana Amélia Lemos (PP). Acompanhado do deputado federal Afonso Hamm (PP), o chefe do Executivo apresentou a situação da região, os prejuízos dos produtores rurais, o estado de emergência decretado pela Rainha da Fronteira e a atual situação de fornecimento de água para a população, que atualmente passa por racionamento de 12 horas diárias.
Após expor o cenário, a resposta veio em poucos dias. A senadora, assim como Hamm, confirmou o acerto de uma agenda com Padilha, bem como com o ministro de Integração Nacional, Helder Barbalho, que dispõe de recursos para auxiliar cidades que tenham perdas pela escassez de chuva.
"Meu objetivo é mobilizar os prefeitos a me acompanharem em comitiva a Brasília, solicitando atenção aos prejuízos que a estiagem está trazendo aos municípios. Vamos debater nossas demandas e necessidades para encontrarmos a melhor solução", resumiu Divaldo, a respeito da agenda programada para amanhã.

Deixe seu comentário abaixo

Mais notícias da edição

Outras edições

Carregando...