ANO: 24 | Nº: 6039
13/03/2018 Campo e Negócios

Projeto de melhoramento genético é destacado no Congresso Mundial de Braford

Foto: Divulgação

Eduardo Eichenberg apresentou trabalho que já conta com 5 mil animais genotipados
Eduardo Eichenberg apresentou trabalho que já conta com 5 mil animais genotipados
Um trabalho único no mundo, que vem sendo realizado desde 2009, no Rio Grande do Sul, envolvendo a Embrapa Pecuária Sul, de Bagé, e produtores de Hereford e Braford da Conexão Delta G, foi apresentado no Congresso Mundial de Braford, nos Estados Unidos. Com foco na seleção genômica para resistência ao carrapato, o trabalho desenvolvido também em parceria com a GenSys Consultores Associados e apoio da Associação Brasileira de Hereford e Braford (ABHB), já conta com mais de 5 mil animais genotipados e permite a seleção e comercialização de reprodutores genomicamente mais resistentes.
De acordo com o presidente da Conexão Delta G, Eduardo Eichenberg, que apresentou o trabalho no congresso, hoje já é possível adquirir sêmen ou touros com DEP (Diferença Esperada na Progênie) Genômica para resistência ao carrapato. Ainda segundo o dirigente, o trabalho chamou muita atenção durante o congresso, uma vez que a raça Braford é criada principalmente em zonas tropicais e subtropicais, onde usualmente são encontradas grandes infestações de carrapato. "Em termos de seleção genômica, pesquisa e inovação, o Braford brasileiro está certamente muito à frente dos demais países", observa.
O projeto de pesquisa de seleção genômica para resistência ao carrapato combina dados de contagens de carrapato e de genealogia com informações de DNA. É uma ferramenta de longo prazo para o controle do parasita que pode gerar prejuízos anuais superiores a US$ 3 bilhões na pecuária nacional, segundo estimativa de entidades.

Deixe seu comentário abaixo

Mais notícias da edição

Outras edições

Carregando...