ANO: 26 | Nº: 6523
14/03/2018 Cidade

Greve dos Correios é encerrada no Rio Grande do Sul

Foto: Tiago Rolim de Moura

Agência em Bagé já voltou a atender normalmente
Agência em Bagé já voltou a atender normalmente

A greve dos Correios, deflagrada no domingo, acabou na noite de segunda-feira, no rio Grande do Sul. A decisão foi confirmada pelo Sindicato dos Trabalhadores em Correios e Telégrafos do Rio Grande do Sul (Sintect-RS), após o Tribunal Superior do Trabalho (TST) decidir pela mudança nos planos de saúde dos empregados da empresa pública e seus dependentes.

Na agência dos Correios em Bagé, os servidores que aderiram à greve já voltaram a trabalhar. Para o diretor regional do Sintect-RS, Henrique Torales, a decisão do TST é a pior derrota da classe nos últimos 40 anos. Ele diz que na prática a empresa aumentará a cobrança mensal do plano de saúde de 7% a 25% e conforme a idade do servidor, além de retirar pais e mães como dependentes nos planos.

Torales classifica o julgamento do TST como "tendencioso", afirmando que as autoridades estão fazendo o possível para a privatização dos Correios, questão que ainda não foi descartada pelo governo federal, conforme alegou o ministro da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações, Gilberto Kassab, em entrevista à Agência Brasil.

O diretor regional do sindicato também salienta que a entidade continua a lutar pelos direitos dos servidores, mas afirma que o fim da greve é a melhor alternativa neste momento, pois as agências já passam por dificuldades e contam com equipes defasadas.

Torales afirma que a classe continuará a protestar contra as alterações no Plano de Cargos, Carreiras e Salários (PCCS), a terceirização na área de tratamento, a privatização da empresa, a suspensão das férias dos trabalhadores, a extinção do diferencial de mercado, a redução do salário da área administrativa e também contra o fechamento das agências sombreadas. A categoria defende, ainda, a contratação de novos funcionários via concurso público e o fim dos planos de demissão.

Deixe seu comentário abaixo

Mais notícias da edição

Outras edições

Carregando...