ANO: 26 | Nº: 6527
20/03/2018 Editorial

No olho do furacão

As incógnitas que permeiam o pleito eleitoral de 2018, em especial quanto ao certame que ocorrerá em nível nacional, criaram um ambiente de tensão e, ao mesmo tempo, de reforçada mobilização por parte das siglas partidárias. As motivações são inúmeras: há um ex-presidente que atuou por dois mandatos tentando retornar ao cargo, mas convivendo com a possibilidade de não poder concorrer; há um emergente, de extrema direita, ganhando espaço nas pesquisas, mesmo estando num partido considerado de menor expressão; e, ainda, legendas tradicionais correndo para definir seus representantes e, óbvio, aliados. Este cenário, por si só, já demonstra a perspectiva de que o Brasil terá, em outubro, uma acirrada disputa.

Pois bem. Este furacão político contemporâneo passou, ontem, pela Rainha da Fronteira. Foi um episódio atípico, talvez inédito, que mexeu com um percentual significativo da população. Não todos é claro, longe disto, mas foi algo que repercutiu. E não simplesmente pela visita do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, mas pelo cenário presenciado por quem acompanhou o evento.

Se de um lado haviam apoiadores, do outro estavam os contrários. O clima, em grande parte do tempo ameno e marcado por discursos de frases feitas, teve momentos de clara tensão. O embate entre opositores de ideologias, identificado na ocasião, foi o mesmo já tão comum em época tumultuada de redes sociais. Se houve os que buscavam o diálogo, houve, também, os que apenas demonstravam insatisfação e a crítica desenfreada a qualquer custo. Foi um dia de ambiente virtual na vida real.

Todo este cenário, por óbvio, colocou Bagé no centro das atenções. Representantes de veículos de comunicação de todas as instâncias acompanhavam cada detalhe e transmitiam informações ao mundo. E tão acirrado como estava o ambiente de verdade, estava o clima nas redes sociais. Nada passava em branco. Para tudo havia um comentário, um elogio ou uma crítica. Os debates se tornaram quase que infindáveis. Enfim, a Rainha da Fronteira teve um dia no olho de um furacão.

Deixe seu comentário abaixo

Outras edições

Carregando...