ANO: 25 | Nº: 6354
22/03/2018 Segurança

Operação Cárcere prende 11 acusados por tráfico de drogas em Bagé

Foto: Tiago Rolim de Moura

A Polícia Civil e a Brigada Militar deflagraram, na manhã de ontem, a Operação Cárcere, com o objetivo de combater o tráfico de drogas em Bagé. Ao todo, 11 pessoas foram presas, e armas, munições e drogas apreendidas.

Coordenada pela Delegacia Especializada em Furtos, Roubos, Entorpecentes e Capturas (Defrec), sob o comando dos delegados Cristiano Ritta e André Mendes, a ação contou com o apoio de todas as delegacias da 9ª Região Policial e da Brigada Militar de Bagé, somando 80 agentes.

De acordo com Ritta, as apurações começaram em novembro do ano passado, a partir de informações de que os detentos Juliano Franco Leal e Cristiano Correa Ávilla, ambos apenados do Presídio Regional de Bagé (PRB), estariam organizando uma complexa rede de distribuição de droga para dezenas de pontos de comercialização ("bocas de fumo"). “Durante as investigações, duas mulheres - companheiras dos líderes - foram presas por tráfico de drogas. Em janeiro, com a prisão de Ariane, companheira de Juliano, uma grande quantidade de droga foi apreendida”, conta.

O delegado ressalta que a droga que chegava na Rainha da Fronteira era de origem da região Metropolitana. Um dos carregamentos apreendidos pelos policiais foi transportado por uma mulher residente na cidade de Estrela, dando origem ao mandado cumprido naquela cidade. A mulher foi identificada por ser a ligação externa do preso Marcos Diego Brignol Vaz, 30 anos, atualmente recolhido na Penitenciária de Alta Segurança de Charqueadas (PASC), o qual seria quem fornecia uma parte da droga para o grupo.

Na operação, foram cumpridas 40 ordens judiciais, sendo 35 mandados de busca e apreensão em Bagé e Estrela, além do bloqueio de contas bancárias e quebras de sigilo telefônico. No PRB, duas celas foram revistadas pela Polícia Civil e agentes penitenciários, momento em que drogas foram encontradas, além de 11 estoques, oito celulares, carregadores e fones de ouvido.

Ritta comenta que, com a ação de ontem, encerra a última fase da Operação Cárcere. “Esperamos desarticular esse grupo, que tem uma das maiores redes de distribuição de droga da cidade e movimentava cerca de R$ 100 mil por mês com as operações do tráfico. Durante as buscas, apreendemos armas de fogo - um revólver calibre 38 com numeração raspada, uma pistola de calibre restrito (.45ACP – Pistola automática) e uma espingarda garrucha, além de diversas munições, inclusive de calibre exclusivo das forças armadas (7,62x51). A droga apreendida hoje - maconha, crack, cocaína e lança-perfume - está avaliada em R$ 40 mil”, relatou.

Na ação, foram presos, em flagrante, Jovaine Cunha de Melo, 45 anos, Jorge Rolando Pinto da Cruz, 49 anos, Fabrício Santos Beron, 18 anos, Alisson Inácio Gonçalves Gonçalves, 24 anos, Vera Lúcia Diogo Gonçalves Webery, 48 anos, Diego Rosas Cavalheiro, 28 anos, Betiana Yara Barragan Costa, 19 anos, Stephanie Rochelle Gores da Silva, 26 anos, Natanael Salinas Ibanez, 21 anos, Gabriele Costa da Silva, 18 anos, e Márcio Luis Simões Paz, 49 anos.

Mais imagens

Deixe seu comentário abaixo

Outras edições

Carregando...