ANO: 25 | Nº: 6209
06/04/2018 Cidade

Formatura marca aniversário de 75 anos do 3º Regimento de Cavalaria Mecanizado

Foto: Tiago Rolim de Moura

Militares participaram de celebração à data
Militares participaram de celebração à data

Para comemorar os 75 anos do 3º Regimento de Cavalaria Mecanizado (3º R C Mec), a unidade realizou uma formatura especial na manhã de ontem. A atividade foi marcada pela participação da tropa e de reservistas militares, além da presença de autoridades homenageadas.

O comandante do 3º RC Mec, tenente-coronel Jairo Badaraco Fagundes, afirma que, além de homenagear a história do quartel e aqueles que já contribuíram e fizeram parte do regimento, a solenidade também tem o objetivo de apresentar o histórico da unidade para os novos recrutas.

Na oportunidade, o comandante salientou que apesar de ter uma história recente em relação a outras unidades militares, o regimento é fundamental para a cavalaria mecanizada no Exército Brasileiro, sendo que foi uma das primeiras unidades a adotar a doutrina.

Destacou, também, a importância dos militares que já serviram à unidade, para a formação do 3º R C Mec, como referência no serviço militar brasileiro. “Se o nosso regimento tem o status que tem na atualidade, é devido ao esforço daqueles que nos antecederam. Militares com bastante competência para fazer germinar uma semente que está, até hoje, vingando frutos”, relata o comandante.

Homenagens

A solenidade contou com homenagens a pessoas que contribuíram para a história do regimento. As integrantes da comissão gestora do Museu Dom Diogo de Souza, Carmem Barros e Maria Luíza Pêgas, estavam entre as autoridades homenageadas. Elas lembram que a parceria entre o Exército Brasileiro e a Fundação Attila Taborda (FAT/Urcamp), mantenedora do museu, já é antiga e traz contribuições para ambas as partes, além contemplar várias instituições e entidades que fazem parte do grupo, como a Casa da Menina e o Hospital Universitário. As integrantes também salientam que o Museu Dom Diogo de Souza conta com vasto acervo militar.

História 
Com a denominação “3º Regimento de Autometralhadoras de Cavalaria”, foi criado durante a Segunda Guerra Mundial, no ano de 1943, pelo decreto-lei nº 5.170. A instalação definitiva da unidade foi publicada no boletim diário nº 1, em 5 de abril do mesmo ano, tendo como comandante interino o major Aquiles de Menezes. Em 10 de abril de 1943, o tenente-coronel de Cavalaria Francisco Becker Reifsheneider assume o comando do regimento.

O tenente-coronel Badaraco, que assumiu o posto de comandante do regimento, neste ano, conta que a estrutura foi criada para instalar a doutrina mecanizada no Exército Brasileiro e atuar como regimento que realiza missões de segurança, reconhecimento e ações ofensivas e defensivas de combate.

Mais imagens

Deixe seu comentário abaixo

Mais notícias da edição

Outras edições

Carregando...