ANO: 24 | Nº: 6083
06/04/2018 Cidade

Propostas para abastecimento de água na Serrilhada serão debatidas em Bagé

Foto: Arquivo JM

Problema de abastecimento é histórico
Problema de abastecimento é histórico

Um encontro marcado para o dia 19 de abril, às 9h, no salão nobre da Prefeitura de Bagé, vai tratar sobre a provisão de água na região da Serrilhada, na fronteira com o Uruguai. No encontro devem ser apresentadas propostas para minimizar o problema enfrentado por cerca de 50 famílias que vivem na localidade. A reunião é promovida pelo Escritório de Representação do Ministério de Relações Exteriores (Eresul), Prefeitura de Bagé e Secretaria Estadual do Desenvolvimento Econômico, Ciência e Tecnologia.
No ano passado, as prefeituras de Bagé e Dom Pedrito, junto à Intendência do Departamento de Rivera, assinaram um protocolo de intenção de colaboração para a cessão de água potável, do Uruguai, aos municípios brasileiros. O abastecimento no lado brasileiro da localidade da Serrilhada é um problema histórico, que já foi retratado pelo Jornal MINUANO.
Conforme o coordenador do Núcleo de Fronteira do Rio Grande do Sul e integrante do Departamento de Promoção Comercial e Assuntos Internacionais da Secretaria, José Oliveira, durante o evento serão apresentadas três propostas para solucionar o problema de abastecimento - uma delas é a cedência da água pelo Uruguai. “As demais propostas são de construção de cisternas e outra para perfuração de poços artesianos”, disse.
Oliveira salienta que após o encontro será desenvolvido um documento para apresentação ao gabinete do governador. O coordenador informa que um grupo da secretaria irá chegar a Bagé no dia 18 de abril para realizar uma visita na Serrilhada. A intenção é conhecer a vila e conferir a situação.
Ainda de acordo com o coordenador, além de autoridades locais e representantes da população interessada, foram convidados o Ministério das Cidades, o Ministério do Meio Ambiente, Ministério do Desenvolvimento Social, Comissão Permanente para o desenvolvimento e Integração da Faixa de Fronteira, Agência Nacional de Águas (ANA), consulados do Brasil e Uruguai, Companhia Riograndense de Saneamento (Corsan) e Companhia Estadual de Energia Elétrica (CEEE).
Em maio de 2017, o vice-prefeito de Bagé, Manuel Machado; o prefeito de Dom Pedrito, Mário Augusto de Freire Gonçalves; o intendente de Rivera, Marne Osório Lima; e o deputado federal uruguaio Tabaré Vieira Duarte, assinaram uma carta de intenção, para garantia de que ambos os lados fariam os trâmites legais para resolver a situação.


Programação

9h – Abertura
9h20min – Apresentação das medidas que estão sendo tomadas pelas prefeituras de Bagé e Dom Pedrito para o fornecimento de água à localidade de Serrilhada;
9h50min – Medidas que o governo do Estado está tomando para o fornecimento de água à localidade de Serrilhada;
10h10min – Proposta dos representantes do Uruguai para o fornecimento de água à localidade da Serrilhada;
10h40min – Proposta do Ministério das Relações Exteriores para a regularização do fornecimento emergencial de água pelo Uruguai à localidade de Serrilhada;
11h – Debate, apresentação de sugestões e fechamento de propostas de ações positivas para a solução definitiva do problema;
11h50min - Apreciação da Ata da reunião e assinatura;
12h – Encerramento 

Deixe seu comentário abaixo

Mais notícias da edição

Outras edições

Carregando...