ANO: 26 | Nº: 6556
07/04/2018 Cidade

Assinado contrato para construção de novo reservatório de água

Foto: Antônio Rocha

Ato foi acompanhado por vereadores
Ato foi acompanhado por vereadores

O contrato para construção do novo reservatório do Departamento de Água, Arroios e Esgoto de Bagé (Daeb) foi assinado na tarde de sexta-feira, no Memorial da Água, na antiga hidráulica da Rainha da Fronteira. A solenidade reuniu o prefeito de Bagé, Divaldo Lara, o diretor geral do Daeb, Volmir Silveira, e o representante comercial da Tanks BR no Rio Grande do Sul, André Flores. Na oportunidade, também foi assinada a ordem de início da obra.

Segundo o superintendente administrativo do Daeb, Maugeri Sá, a partir da assinatura, a empresa terá três dias úteis para iniciar os preparativos para a obra. Ou seja, os trabalhos devem iniciar já na próxima semana. A previsão para conclusão do reservatório é de nove meses.

Para Flores, a primeira etapa do projeto é realizar uma nova sondagem, onde serão checadas as características do solo. Quanto ao prazo estabelecido para a entrega da estrutura, o representante da empresa afirma que se tudo acontecer conforme o combinado com a prefeitura e autarquia o período é viável.

Flores também ressaltou a qualidade do novo reservatório. “É um produto totalmente diferenciado em reservação de líquido. Uma tecnologia usada na Europa e nos Estados Unidos. A Sabesp, de São Paulo, já possui 120 reservatórios deste tipo”, afirmou. 

A empresa de Rio Claro, em São Paulo, foi vencedora da concorrência pública realizada no dia 23 de março, para escolha da responsável por elaborar o projeto executivo e construir a estrutura. A Tanks BR disputou com outras três empresas, e venceu a licitação ao apresenta uma proposta de R$ 3.200.409,40.

De acordo com o diretor geral do Daeb, a iniciativa se deu em virtude do atual reservatório, projetado no ano de 1911, precisar de constante manutenção, em consequência de fugas de água, ocasionadas por rachaduras. Silveira afirma que a estrutura ampliará o volume de armazenamento de água no município, de quatro mil metros cúbicos (m³) para oito mil m³, além de possibilitar manutenções nos reservatórios sem a necessidade de interrupção na distribuição de água.

Na oportunidade, Divaldo disse que era um dia histórico. “Temos um reservatório antigo, da época em que Bagé era um município pequeno. A rede de água aumentou, a população cresceu. Por isso no verão faltava água tratada mesmo com as barragens cheias. Ou pior: para limpar o reservatório, tinha que desabastecer toda a cidade. Isso não vai mais acontecer. Agora, teremos o que tem de melhor para armazenamento de água”, declarou.

Estrutura

Entre as características do projeto, foi estabelecido que o reservatório terá um formato cilíndrico, com 41 metros de diâmetro e três metros de altura. A estrutura será feita de uma chapa de aço vitrificado, além de contar com um telhado de alumínio com domos geodésicos.

Conforme o Daeb, o material garante que não haja corrosão interna ou externa nas paredes, diminuindo significativamente despesas com manutenção e garantindo maior segurança e economia ao sistema. Será implantado na ETA, onde está localizado o outro reservatório, ao qual será interligado para que ambos operem em conjunto.

Mais imagens

Deixe seu comentário abaixo

Mais notícias da edição

Outras edições

Carregando...