ANO: 25 | Nº: 6485
11/04/2018 Cidade

Saúde realiza mutirão para famílias que serão atendidas pela ESF Sá Monmany

Foto: Tiago Rolim de Moura

Centro de Referência será reinaugurado no dia 17 de abril
Centro de Referência será reinaugurado no dia 17 de abril

Após ficar um período interditada, para passar por uma série de reformas e ampliação de estrutura, a Estratégia Saúde da Família (ESF) Sá Monmany será reinaugurada na terça-feira, 17. Nesta semana, os agentes da Secretária Municipal de Saúde e Atenção à Pessoa com Deficiência estão realizando um mutirão, para levar informações sobre o novo processo de atendimento do posto e entregar o “Cartão Família” para os moradores do bairro Getúlio Vargas, que serão atendidos pela ESF.
Conforme o secretário Mario Mena Kalil, o mutirão, que deve se estender até sexta-feira, 13, visitará apenas as famílias que foram cadastradas no serviço da ESF. A medida é uma exigência do Ministério da Saúde, que estabelece um limite máximo de quatro mil pacientes para cada centro de estratégia da família. Kalil enfatiza, entretanto, que o Sá Monmany poderá atender toda a população da região, pois também receberá o quinto Centro de Referência em Saúde do município.
“Estas pessoas que recebem o Cartão Família, poderão ser atendidas por uma médica clínico geral na ESF. Para os demais pacientes, nós teremos outro clínico geral, além de serviços de cardiologia, geriatria-obstetra, pediatria, fisioterapia e odontologia com raio-X odontológico. Fora que o Sá Monmany também receberá a quinta farmácia e aparelho de eletrocardiograma”, destaca.
O secretário diz que o Sá Monmany deve voltar a atender a partir da próxima quarta-feira, 18, com horário de atendimento das 7h30min às 12h e das 13h30min às 17h. “Quando fechamos o Sá Monmany para reforma, o posto realizava apenas 300 atendimentos por mês. Nossa estimativa é que a partir da reinauguração, mais de 2 mil atendimentos sejam efetuados neste mesmo período”, informa.

Reformas
A ESF Sá Monmany contará com estrutura de 203 metros quadrados (m²). O valor total investido na reforma é de R$ 445.164,12, custo que também engloba a obra do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu), que passará a atender ao lado do posto Sá Monmany.
O titular da saúde municipal informa que a obra destinada ao Samu será a prioridade, após a reinauguração do posto. A previsão é que a implantação do Samu seja concluída em até três meses. A estrutura já passou pela fase de demolição das paredes que não serão utilizadas, além de ter recebido a colocação de rede elétrica e a distribuição hidráulica estar em andamento.
O serviço, atualmente, se encontra em um prédio de 80 metros quadrados (m²) e passará para um local com 185 m². Também está prevista uma garagem para abrigar cinco ambulâncias e o espaço contará com rampa para lavagem dos veículos.

Mais imagens

Deixe seu comentário abaixo

Em tempo real

Mais notícias da edição

Outras edições

Carregando...