ANO: 25 | Nº: 6310
12/04/2018 Cidade

Bagé é convidado a aderir ao projeto MPT na Escola

Foto: Divulgação

Representantes de quatro municípios estiveram presentes na sede de Pelotas
Representantes de quatro municípios estiveram presentes na sede de Pelotas

O Ministério Público do Trabalho (MPT) reuniu, recentemente, representantes das administrações municipais de Pelotas, Rio Grande, Chuí e Bagé. O objetivo do encontro, realizado na unidade do MPT pelotense, foi o de apresentar o projeto "Resgate a Infância", desenvolvido pelo órgão, e convidar as cidades a aderirem ao MPT na Escola.
O projeto se divide em três eixos: o "Profissionalização", voltado a empresas e ao preenchimento das vagas reservadas por lei a aprendizes; o "Políticas Públicas", voltado aos Municípios, com o objetivo de articular e fortalecer a rede de proteção da criança e do adolescente; e o "Educação", voltado, via MPT na Escola, a instituições de Ensino Fundamental da rede pública. A proposta é trabalhar o tema em atividades em sala de aula, sensibilizando os envolvidos para o problema. Em 2018, o público-alvo foi limitado aos alunos do 4º ao 7º ano.
A reunião foi conduzida pelas procuradoras Patrícia de Mello Sanfelici, coordenadora nacional de Combate à Exploração do Trabalho de Crianças e Adolescentes – Coordinfância (lotada em Porto Alegre), e Rúbia Vanessa Canabarro, coordenadora regional suplente da Coordinfância (lotada em Pelotas), acompanhadas pela chefe da Assessoria de Planejamento, Gestão Estratégica e Serviço Social (Apges) do MPT-RS e assistente social Vitória Raskin (também de Porto Alegre). Onze representantes das prefeituras e secretarias de Educação dos quatro Municípios estavam presentes.
Até o momento, no Rio Grande do Sul, participam escolas públicas de Ensino Fundamental de 50 municípios. São 30 da região de Porto Alegre (incluindo Arroio do Sal, Balneário Pinhal, Cachoeirinha, Capão da Canoa, Capivari do Sul, Cidreira, Dom Pedro de Alcântara, Eldorado do Sul, Esteio, Glorinha, Gravataí, Imbé, Itati, Mampituba, Maquiné, Mariana Pimentel, Morrinhos do Sul, Mostardas, Nova Santa Rita, Osório, Santo Antônio da Patrulha, Sapucaia do Sul, Sertão Santana, Terra de Areia, Três Forquilhas, Torres, Tramandaí, Viamão e Xangri-lá). Outros 12 da área de abrangência do MPT em Santa Cruz do Sul (incluindo Arroio do Tigre, Boqueirão do Leão, Brochier, Candelária, Encantado, Ibarama, Lagoa Bonita do Sul, Sobradinho, Taquari, Teutônia e Vera Cruz). Outros 5 da área de abrangência do MPT em Passo Fundo (Carazinho, Erechim, Ipiranga do Sul, Marau e Não-Me-Toque). E 3 da área de abrangência do MPT em Uruguaiana (incluindo Itaqui e Santo Ântônio das Missões).

 

Deixe seu comentário abaixo

Em tempo real

Mais notícias da edição

Outras edições

Carregando...