ANO: 25 | Nº: 6232
12/04/2018 Cidade

Horto municipal será revitalizado com verbas de compensação ambiental

Foto: Tiago Rolim de Moura

Local está abandonado
Local está abandonado

Após vários anos sem atividade, o Horto Florestal de Bagé, situado na Vila de Santa Thereza, deve ser revitalizado. De acordo com o secretário municipal de Meio Ambiente e Proteção ao Bioma Pampa, Aroldo Quintana, no ano passado, foi realizada uma limpeza no local. A pasta aguardava verbas para fazer a revitalização definitiva, que deve iniciar em maio.
Segundo Quintana, a intenção é revitalizar o espaço e plantar árvores nativas, flores e hortaliças que possam ser utilizadas no embelezamento da cidade e na merenda escolar. O secretário conta que o material para a recuperação foi licitado com verbas de compensação ambiental do Departamento de Água, Arroios e Esgotos de Bagé (Daeb). “O valor da revitalização gira em torno de R$ 60 mil”, salienta.
Entre os apoiadores do horto, conforme o secretário, está a empresa Celulose Riograndense, que doou madeiras para a implantação das estufas. A intenção é implantar estufas para flores, plantas ornamentais, árvores naturais e frutíferas, ervas medicinais, hortaliças e temperos.
Além da limpeza, reconstrução de estufas e prédios para reativar o local, serão necessárias adequações na parte hidráulica e elétrica. A última tentativa de revitalização do Horto Florestal aconteceu em 2014, quando a área foi cedida para o Instituto Federal Sul-rio-grandense (IFSul), que devolveu o espaço à prefeitura, no início de 2016, por falta de repasses do governo federal para desenvolver projetos pedagógicos do Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego (Pronatec) e do Mulheres Mil.

Mais imagens

Deixe seu comentário abaixo

Em tempo real

Mais notícias da edição

Outras edições

Carregando...