ANO: 25 | Nº: 6279
19/04/2018 Fogo cruzado

Graciano propõe criação da Comenda Professor Eduardo Contreiras Rodrigues

Foto: Divulgação

Democrata apresentou proposta ontem
Democrata apresentou proposta ontem

A Comenda Professor Eduardo Contreiras Rodrigues, proposta pelo líder do governo, vereador Gracianho Aristimunha, do DEM, para homenagear professores bajeenses, pode ser estabelecida por lei. A criação da distinção, que será apreciada pelas comissões técnicas da Câmara a partir da próxima semana, deverá ser concedida anualmente a professores e funcionários da rede municipal de ensino, das escolas estaduais e particulares.
Pela proposição apresentada por Aristimunha, cada unidade escolar indicará um educador e um funcionário (do Ensino Fundamental ou da Educação Infantil), eleitos pelos professores e funcionários. A indicação à comenda em homenagem ao fundador da Academia Bajeense de Letras, deverá ser protocolada no Legislativo até o dia 1º de setembro de cada ano letivo.
A norma determina que a comenda será entregue em Sessão Solene na Câmara de Vereadores, durante o mês de outubro, que assinala o Dia do Professor. “Ao propormos a criação da comenda, estamos homenageando e dando o devido reconhecimento público a figuras da mais alta relevância, que muito fizeram e continuam fazendo em prol do crescimento da nação brasileira”, justifica o proponente.
Aristimunha destaca que o professor Eduardo Contreiras Rodrigues, filho Félix Contreiras Rodrigues, nasceu em Paris, em janeiro de 1917, e mudou-se para Bagé na infância. “No Colégio Estadual Doutor Carlos Kluwe, onde ingressou em 1955, trabalhou por 30 anos até a sua aposentadoria em 1985, ministrando aulas de Geografia, Francês e Espanhol e ainda coordenou a área de Estudos Sociais, sempre buscando acima de tudo a justiça em sala de aula”, pontua.

Deixe seu comentário abaixo

Mais notícias da edição

Outras edições

Carregando...