ANO: 24 | Nº: 8084

Norberto Dutra

redacaominuano@gmail.com
Pastor e presidente da Igreja Assembleia de Deus de Bagé Doutor em Divindade
28/04/2018 Norberto Dutra (Opinião)

Jesus resistiu à tentação

Todos são tentados. A tentação é a apresentação do mal. É uma oportunidade para escolher o prazer temporário e não dar preferência ao ganho permanente. Você experimentará muitas tentações no decorrer da sua vida. Durante seus anos de adolescência, você pode sentir correntes avassaladoras de luxuria com tendência à imoralidade. No mundo dos negócios, você será tentado a distorcer a verdade, a trapacear nos seus impostos ou a embolsar dinheiro extra para si.
Colegas infiéis são uma epidemia. Anúncios declaram com ousadia o seu convite ao álcool. Drogas estão por todo canto. A cocaína parece ser um escape para as complexidades da vida. Satanás é um mestre na arte da tentação. Jesus experimentou um adversário incansável e persistente, o diabo. Aconteceu depois que Jesus jejuara durante 40 dias e 40 noites. Sua defesa foi bastante simples: a Palavra de Deus escrita. Eu encorajo você a ler o relato inteiro de Mateus 4.1-11.
As sepulturas estão repletas de gente que fracassa em resistir a Satanás. As prisões estão superlotadas de pessoas fracas demais para permanecerem firmes contra o inimigo. Sonhos se desmoronam diariamente nas pedras da tentação. Afaste o barco da sua vida daquelas pedras. Pergunte a Sansão, e ele lhe dirá. “Uma noite de prazer não vale uma vida inteira de cegueira”. Resista! Jesus fez isso. Jesus resistiu à tentação. Esse foi um dos segredos da liderança de Jesus. Deus abençoe a todos e até o próximo final de semana.

Deixe seu comentário abaixo

Mais notícias da edição

Outras edições

Carregando...