ANO: 26 | Nº: 6544
09/05/2018 Cidade

Primeira assembleia municipal da Consulta Popular acontece hoje em Aceguá

Foto: Arquivo JM

Presidente do conselho, Lia Quintana, ressalta importância da participação da comunidade
Presidente do conselho, Lia Quintana, ressalta importância da participação da comunidade

A segunda etapa da Consulta Popular 2018/2019 inicia na manhã de hoje. Aceguá será o primeiro município do Conselho de Desenvolvimento da Campanha (Corede Campanha) a realizar a rodada de assembleias públicas municipais, que irão se repetir nos sete municípios que compõem o conselho.
A assembleia municipal de hoje acontece a partir das 9h, na Câmara de Vereadores de Aceguá. No encontro, convocado pelo Conselho Municipal de Desenvolvimento (Comude) e pela Comissão Regional, serão escolhidos até cinco projetos constantes no Plano Estratégico de Desenvolvimento Regional.
O vice-presidente do Corede Campanha, Fábio Pintos, explica que além dos projetos prioritários, também serão definidos os delegados municipais. Serão eles os responsáveis por defender os projetos de cada município na assembleia ampliada, que define até 10 projetos que farão parte da cédula de votação. “Os delegados serão escolhidos em uma proporção de um para cada 15 ou 30 participantes. Por exemplo, se tiver 30 participantes, será definido um delegado. Com 45 participantes (30+15), serão dois delegados, e assim por diante”, explica.
Já a presidente do Corede Campanha, Lia Quintana, ressalta a importância da participação. "Estamos dando a largada para que os municípios elejam os seus temas prioritários e queremos, de fato, o envolvimento das comunidades nas fases de votação. Já obtivemos muitas melhorias em nossos municípios em áreas importantes porque a população votou e escolheu onde desejava que os investimentos acontecessem, então não podemos deixar de participar. É dessa forma, democraticamente, que vamos conseguir avançar nas áreas mais deficitárias, que dependem da injeção de recursos. Esse é o momento de estarmos unidos pensando no melhor para a nossa região em termos de desenvolvimento", frisa.
Neste ano, serão destinados R$ 80 milhões para a Consulta Popular no Rio Grande do Sul. Para a região, serão cerca de R$ 3 milhões, para atender aos projetos definidos como prioritários.

Conquistas para a saúde na fronteira
O vice-presidente do conselho destaca os avanços, principalmente na área da saúde, conquistados através da Consulta Popular. No processo de 2016/2017, por exemplo, foram destinados R$ 206 mil para a compra de equipamentos e instrumentalização do Hospital da Colônia Nova. Já na Consulta 2017/2018, foi definido o encaminhamento de R$ 140 mil para o projeto de ampliação e reforma da Unidade Básica de Saúde (UBS) do município.
Além da saúde, a manutenção das estradas vicinais também foi garantida com R$ 91 mil destinados pelo governo do Estado através da Consulta Popular. “É importante destacar a credibilidade deste processo. As últimas três edições tiveram 100% das demandas votadas pagas”, ressalta.

Assembleia regional ampliada e votação
A construção da cédula de votação, contendo de seis a 10 projetos, acontece no dia 23 de maio, às 14h, na Câmara de Vereadores de Bagé. A votação da Consulta Popular, este ano, acontecerá nos dias 26, 27 e 28 de junho, nas modalidades on-line (através do site www.consultapopular.rs.gov.br), off-line (através do aplicativo que será disponibilizado pelos Coredes e Comudes) e ainda através de mensagem de SMS.




BOX
Próximas assembleias municipais
Candiota – 15 de maio, 19h, no Centro de Eventos de Dario Lassance;
Lavras do Sul – 16 de maio, às 9h30min, na Câmara de Vereadores;
Caçapava do Sul – 16 de maio, às 14h, na Câmara de Vereadores;
Dom Pedrito – 18 de maio, às 9h, local ainda a definir;
Bagé – 18 de maio, às 14h, na Câmara de Vereadores;
Hulha Negra – 18 de maio, às 18h, na Câmara de Vereadores.

Deixe seu comentário abaixo

Mais notícias da edição

Outras edições

Carregando...