ANO: 25 | Nº: 6362
11/05/2018 Cidade

Moradores da Serrilhada podem receber água potável até o final do ano

Foto: Tiago Rolim de Moura

Oliveira estima assinatura de convênio até 30 de junho
Oliveira estima assinatura de convênio até 30 de junho

Várias iniciativas estão sendo tomadas para a levar água potável até os moradores da localidade da Serrilhada. Duas propostas já foram encaminhadas. Uma delas é a liberação, pelo governo Uruguaio, e a outra é a assinatura de um convênio com a prefeitura de Bagé e Estado, para a perfuração de poços artesianos.
De acordo com o secretário-executivo do Núcleo Regional de Integração da Faixa de Fronteira, José dos Santos Rosa de Oliveira, após a reunião que aconteceu em Bagé, em abril, já foi encaminhada a solicitação para o Uruguai, mas a liberação ainda depende de alteração na legislação daquele país. "Esse processo é realizado através dos ministérios e já existe a possibilidade de mudar a legislação", disse. Além disso, o núcleo está aguardando a finalização de um documento da prefeitura de Bagé, para fechar um convênio e perfurar poços artesianos.
Oliveira ressalta que, no lado brasileiro da Serrilhada, vivem 24 famílias, totalizando 64 pessoas. No local, existe uma escola, que não está em funcionamento, e duas propriedades rurais. Na Cerrillada, lado uruguaio, vivem 113 famílias, totalizando 281 pessoas. A localidade conta com uma escola, duas igrejas, um posto da polícia e um posto de saúde.
Segundo Oliveira, o governo do Estado tem até 30 de julho para assinar qualquer convênio. Caso se concretize, a estimativa e de que as famílias recebam água até o Natal. Há 23 anos, municípios da região disponibilizam luz para a localidade da Cerrillada . Desde janeiro de 2017, os governos municipais de Bagé, Dom Pedrito e a intendência de Rivera, tentam aumentar a parceria, solicitando que o Uruguai disponibilize água para o lado brasileiro, numa espécie de contrapartida e de reforço de compromisso mútuo entre as partes.
No ano passado, representantes das prefeituras e da Intendência de Rivera assinaram um protocolo de intenção de colaboração para a cessão de água potável, do Uruguai, aos municípios brasileiros. O abastecimento no lado brasileiro da localidade da Serrilhada é um problema histórico, que já foi retratado pelo Jornal MINUANO.

Deixe seu comentário abaixo

Mais notícias da edição

Outras edições

Carregando...