ANO: 25 | Nº: 6405
18/05/2018 Segurança

Polícia prende mais um suspeito por assalto à agência bancária da Colônia Nova

Foto: Divulgação

Agentes realizaram barreiras em rodovias
Agentes realizaram barreiras em rodovias

Após o roubo à agência da Cooperativa Sicredi da Colônia Nova, ocorrido na terça-feira, uma coalizão das forças de segurança do município de Bagé fechou o cerco contra os assaltantes. A Polícia Civil, Brigada Militar, Polícia Rodoviária Federal e Polícia Federal passaram a fazer barreiras e incursões na busca dos criminosos.

Durante a manhã de quarta-feira, dois dos assaltantes teriam realizado o roubo de uma caminhonete Renault Oroch, no interior da Colônia Nova. Os homens estavam encapuzados e portando armas de fogo, de grosso calibre, quando renderam um casal que estava na região. Com o veículo das vítimas - que por todo tempo estiveram sob comando dos assaltantes - eles se  deslocaram até Bagé, onde encontraram os outros dois comparsas, que já aguardavam próximos ao trevo que liga a cidade e o aeroporto. Próximo dali, segundo a polícia, os assaltantes liberaram as vítimas na BR-153 e empreenderam fuga. No interior do veículo um outro suspeito deixou uma carteira com documentos e R$ 500 em dinheiro, seria um homem de 24 anos, natural da cidade de Alvorada, na região metropolitana. 

Uma ação paralela desenvolvida na BR-153, na região das Palmas, localizou um dos veículos utilizados pelos assaltantes no roubo - um Vw/Gol de cor branca - no qual trafegava Alexsandro dos Santos Valim, 31 anos, natural de Porto Alegre, que foi preso em flagrante, suspeito de participação no roubo e também ao abordarem o veículo os policiais encontraram uma metralhadora calibre 9mm, de fabricação Argentina, munições e R$ 800 em dinheiro. 

Segundo os investigadores, os assaltantes que haviam roubado o veículo, na Colônia Nova, abandonaram o carro na região dos "Haras", na BR-153, sendo resgatados por um terceiro veículo.

Valim foi autuado em flagrante pelo crime de porte ilegal de arma de fogo de uso restrito, que é um crime hediondo, sendo recolhido ao Presídio Regional de Bagé (PRB).

A polícia segue nas buscas aos demais suspeitos e quem tiver informações pode entrar em contato com a investigação através dos telefones (53) 99930-5873 e (53) 99704-0632.

 

Mais imagens

Deixe seu comentário abaixo

Mais notícias da edição

Outras edições

Carregando...