ANO: 25 | Nº: 6312
22/05/2018 Segurança

Acusado por estelionato é investigado em Dom Pedrito

Foto: Divulgação

Veículo pode ter sido adquirido com dinheiro das vítimas
Veículo pode ter sido adquirido com dinheiro das vítimas

Uma operação denominada “Deus é Pai”, deflagrada pela Delegacia de Polícia Civil de Dom Pedrito, apreendeu documentos, um veículo, um computador e um telefone celular de um homem suspeito de praticar diversos golpes no município.

De acordo com os policiais civis que atuam no caso, há cerca de quatro semanas, algumas pessoas efetuaram registros policiais, pois estariam sendo vítimas de um profissional liberal do ramo imobiliário, que, segundo as denúncias, vendia imóveis pegando documentações e entradas em dinheiro para financiamento dos “empreendimentos”.

Os policiais explicaram que o suspeito se apropriava dos valores da entrada de um falso “financiamento”. Após ele 'pegar' o dinheiro, não dava resposta sobre a construção e, inclusive, ficava com documentação das vítimas. Os investigadores informaram que cerca de 20 pessoas já haviam caído no golpe do suspeito. A estimativa é que ele tenha conseguido obter R$ 100 mil com o golpe.

O veículo apreendido, um Honda Civic, a polícia enfatiza que está no nome de um terceiro, e que teria sido pago com o dinheiro das vítimas. O mesmo suspeito já havia comprado um veículo financiado em outra situação, também no nome de um terceiro, e não teria mais pago o financiamento, deixando a pessoa endividada. 

Conforme repassado à reportagem, também foi solicitado, ao poder Judiciário, o bloqueio das contas bancárias do acusado, para um possível ressarcimento das vítimas. Agora, será executada a análise de mídias, arquivos de computador e documentação. A operação foi denominada “Deus é Pai”, segundo divulgado, pois o suspeito é frequentador de igreja e, sendo assim, classificado pelas testemunhas e vítimas como uma pessoa ilibada.

Mais imagens

Deixe seu comentário abaixo

Mais notícias da edição

Outras edições

Carregando...