ANO: 25 | Nº: 6335
26/05/2018 Campo e Negócios

CNA defende solução imediata para o bloqueio nas estradas

A Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA) emitiu nota, ontem, afirmando que acompanha com grande preocupação a greve de caminhoneiros e, por isso, defende uma solução imediata para o bloqueio das estradas. Para a entidade, é preciso bom senso e esforços por entendimento para que não aumentem os problemas da economia brasileira num momento delicado de recuperação da atividade.

“A reivindicação por preços de combustíveis mais justos e previsíveis é correta, mas as perdas causadas pela greve estão ficando insustentáveis e fora de controle”, disse o presidente da CNA, João Martins. “É preciso bom senso de todas as partes envolvidas para chegarmos a uma solução razoável e exequível”, complementou.

De acordo com a CNA, produtos perecíveis estão sendo perdidos com o bloqueio das estradas e insumos para alimento de animais não estão chegando aos centros produtores, causando a morte de animais. "As cadeias produtivas de leite, aves e suínos também estão sendo seriamente afetadas. Muitos produtores não estão recebendo os insumos para alimentação animal e as agroindústrias estão impossibilitadas de receber insumos e escoar a produção. Já há relato de empresas que estão suspendendo as atividades nas unidades abatedoras em face da falência de suprimentos e inviabilidade operacional" conclui a Confederação.

Deixe seu comentário abaixo

Mais notícias da edição

Outras edições

Carregando...