ANO: 25 | Nº: 6378

Divaldo Lara

divaldolara@gmail.com
28/05/2018 Divaldo Lara (Opinião)

500 dias: o início da recuperação e os avanços na saúde

Neste mês de maio completamos quinhentos dias de governo.  São quinhentos dias tentando equilibrar dívidas do passado, manutenção dos serviços necessários no dia a dia e ainda o progresso, com a realização de obras e serviços inéditos, que Bagé nunca teve e passou a contar.
Este período nos ofereceu, acima de tudo, a confiança em nós mesmos, em ter a certeza de que temos um governo consolidado, de sintonia entre as secretarias, através dos quais conseguimos oferecer serviços e obras cada vez melhores para os bajeenses.
Foi assim, ao realizarmos nosso projeto “Meu Bairro Melhor” na zona leste na semana passada. Este projeto leva toda a estrutura da prefeitura para dentro de um determinado bairro para realizar todo tipo de melhoria necessária e possível. Ao inaugurar a temporada 2018, precisávamos ver se a sintonia continuava a mesma. Ver trabalhadores com sorriso no rosto, gostando do que fazem e uma equipe que não mede horário no relógio para concluir o que precisa ser feito foram a prova que sim, que continuamos firmes, fortes e, principalmente, unidos para recuperar nossa cidade.  
Ao ver as melhorias acontecendo, é natural que a população também passe a solicitar melhorias para sua região, sua rua, seu bairro, sua vida. Nessas horas, precisamos lembrar que nossa cidade conta com 76 bairros e 120 mil habitantes, e que não se recupera em um ano os estragos e a falta de serviços de todo tipo, acarretados em 10, 15 anos anteriores.  
Também é nesta hora, que os aproveitadores políticos, contrários ao nosso governo, não por querer o bem da cidade, mas para tentar retomar sua credibilidade, buscam se aproveitar, jogando problemas criados por eles mesmos e por tantos anos, em cima da nossa gestão, com apenas um ano e quatro meses. Essa gestão que o tempo e os bajeenses estão deixando para trás, em pensamento e na vontade, ainda nos assombra e, mesmo com dezenas de conquistas já realizadas neste um ano e cinco meses, penso que poderíamos estar muito mais avançados, se não fosse esse período.  
E afirmo! Até o último dia de gestão, relembraremos, aos bajeenses, o estado precário em que encontramos nossa cidade, para que reflitam e comparem com este novo período de grandes conquistas que estamos vivendo. Ao expormos estas questões, não fazemos para jogar a culpa para trás, mas para mostrar a diferença de quem quer fazer a diferença.
Com o intuito de atualizar os vereadores e a população através da TV Câmara sobre essas conquistas, participei de uma sessão especial na Câmara de Vereadores, um poder pelo qual tenho maior respeito e um lugar que me deixa saudades da convivência.
Uma declaração de um vereador me chamou a atenção, quando afirmou que, ao assumir seu mandato, há mais de um ano atrás, estava preparado para muitas críticas ao nosso, ainda recente governo. Ele acreditava que só iríamos começar a realizar e concretizar nossos projetos, após um ano e meio de gestão, devido ao período inicial, de adaptação. Para alegria deste vereador, bem como de toda a população bajeense, foram dezenas de conquistas, em todas as áreas, desde que assumimos. Na coluna de hoje, destacarei a saúde, a qual nos dedicamos muito no primeiro ano e continuamos a apresentar novidades e progressos.
Entre os destaques, cito serviços e equipamentos, hoje disponibilizados para pacientes do Sistema Único de Saúde (SUS), que clínicas privadas não dispõem, como o raio-X digitalizado, por exemplo. Nossa fila de exames zeradas em tomografias e ecografias são destaques para todo o País, com a possibilidade de realização destes, em até 24 horas. Tudo isso, lembrando que recebemos o Hospital Universitário de portas fechadas e que através de medidas que visam a compra de serviços do hospital para os pacientes SUS, garantimos, não só a reabertura, como a ampliação de serviços e inauguração de equipamentos parados. Através do processo de cofinanciamento, repassamos o recurso de 150 mil reais mensais ao hospital que, em contrapartida, oferece os serviços à nossa população.
E vem mais por aí: outro avanço que buscamos oferecer à população, é a transformação do Ginásio Mosquitão, na zona leste, no 6º centro de referência de saúde, tal qual abrimos no Sá Monmany e em outros 4 pontos da cidade.
As 1.164 novas residências que entregaremos em breve, das quais 564 localizam-se na zona leste, aumentará muito a população da região, e é preciso que se pense neste tipo de solução em saúde desde já. Assembleias estão sendo realizadas com os moradores dos bairros que compõem a zona leste para opinar a respeito do assunto, que, creio, terá o apoio de grande maioria, pois representará mais um grande avanço.  
Com este anúncio e também dos avanços na infraestrutura da cidade, tema que abordarei em próxima oportunidade, temos a certeza que estes primeiros 500 dias são apenas um prenúncio de que muito mais virá, ao longo dos nossos dois anos e meio restantes de governo. Torçam por nós!

Deixe seu comentário abaixo

Em tempo real

Outras edições

Carregando...