ANO: 24 | Nº: 6014
28/05/2018 Fogo cruzado

Câmara de Vereadores avalia criação da Comenda Mãe Luciana

As comissões técnicas do Legislativo bajeense analisam a criação da Comenda Mãe Luciana, proposta pela vereadora Marina Portella, do PTB, que deixou a Casa para ocupar uma função no Executivo. A resolução apresentada pela petebista, em março, representa uma homenagem a personalidades femininas que se sobressaírem em atividades voltadas para o município. Se a medida for aprovada, cada vereador poderá apresentar uma indicação anual à comenda.
Na justificativa apresentada à Câmara de Vereadores, Marina observa que Luciana Lealdina de Araújo, conhecida como Mãe Luciana, fundou, em 1909, o orfanato São Benedito, que recebeu o nome de Asilo de Órfãs São Benedito. Ela dirigiu a instituição até 1919, quando passou o comando para as Irmãs do Imaculado Coração de Maria e assumiu a direção de uma creche, em uma função que desempenhou até 1930. O Legislativo não tem previsão para votar a matéria em plenário.

Deixe seu comentário abaixo

Em tempo real

Mais notícias da edição

Outras edições

Carregando...