ANO: 25 | Nº: 6378
31/05/2018 Editorial

Adequação necessária

Os manifestos dos caminhoneiros realizados no País, agora reforçados por representantes de outras classes e entidades, ampliaram o cenário de incertezas quando a estabilidade no que envolve a oferta de produtos e serviços, em especial itens de consumo. Não se pode, claro, questionar a origem da mobilização, até porque objetivava uma pauta clara, em especial pela influência ocasionada pela alta desenfreada do preço do litro diesel. Ocorre, contudo, que a manutenção do protesto, agora, gera reflexos mais pesados.

No caso em específico do Jornal MINUANO, o atual cenário vem dificultando a circulação da edição impressa. Seja pela escassez de combustíveis, bloqueio, mesmo que momentâneo, de rodovias, mas, também, pela elevação dos custos para transporte. Em virtude da situação e entendendo primar pela eficiência dos serviços ofertados a assinantes, anunciantes e colaboradores, a direção decidiu por produzir uma edição conjunta e especial, composta de suplementos e com paginação maior, a partir do feriado desta quinta-feira. Assim, a expectativa é de que, aliada à amenização dos movimentos grevistas e o reforço dos estoques de insumos, este veículo volte a circular, com impresso, a partir da próxima segunda-feira.

Não é, claro, o que o jornal gostaria dentro de sua missão diária de levar informação de qualidade, com ética e instantaneidade, aos seus leitores. É, contudo, o cenário posto no atual momento. Trata-se, basicamente, de uma adequação necessária.

Neste momento, o MINUANO pede a compreensão de seus parceiros, em especial os de longa data, que acreditam na trajetória deste veículo fundado há mais de 24 anos. Aos assinantes, adianta-se que a quantidade de datas em que deixar de circular será acrescida, automaticamente, nos contratos em vigor. Ao mesmo tempo, adiantamos que manteremos o serviço de informar nossos leitores através dos canais digitais, em especial pelo www.jornalminuano.com.br.

Por fim, entendendo que o atual cenário está, desde já, fixado na história do País, o MINUANO também deseja que todos, manifestantes ou não, que concordem ou não com as pautas levantadas e, ainda, com os métodos utilizados, que tenham bom senso e serenidade para que o Brasil, de uma vez por todas, tome o melhor rumo possível.

 

Deixe seu comentário abaixo

Em tempo real

Outras edições

Carregando...