ANO: 25 | Nº: 6401
11/06/2018 Editorial

Pauta inesgotável

O Brasil não ocupa posição de destaque no ranking de países menos corruptos. Em um estudo realizado pela Transparência Internacional, que avalia a percepção da corrupção em 180 nações, a 96ª colocação não pode ser comemorada. Mais do que a distância do topo da lista, aliás, é a variação entre os resultados de 2017 e 2016 que preocupa. Perder 17 postos em um ano é alarmante. Comprova, basicamente, que ainda é preciso desenvolver soluções. E alternativas não faltam.
A mais recente, encarada como um pacote de 'Novas Medidas Contra a Corrupção', elaborado pela própria Transparência Internacional, elenca propostas de reformas legislativa, administrativa e institucional. Abrindo uma nova agenda de debate público, em uma pauta que parece inesgotável, o documento, divulgado na semana passada, prevê o desenvolvimento de 70 medidas voltadas ao controle da corrupção. Uma das proposições se aplica especificamente às cidades.
A construção do documento 'Novas Medidas Contra a Corrupção' iniciou pela compilação das melhores soluções, incluiu consultas às instituições públicas e da sociedade civil brasileira, resultando na elaboração de um programa de prevenção da corrupção. Cabe destacar que a intenção incentivar a adoção de boas práticas, cumpre uma função estratégica, estimulando a participação e destacando ações positivas. O que está em jogo é a construção de um planejamento maior, capaz de sistematizar o desenvolvimento e o acesso às ferramentas de controle.

Deixe seu comentário abaixo

Em tempo real

Outras edições

Carregando...