ANO: 24 | Nº: 5960
13/06/2018 Segurança

Presos pelo Exército irão responder o processo em liberdade

Na manhã de 30 de maio deste ano, após um bloqueio na BR-293, em Hulha Negra, dois homens foram presos pelo Exército Brasileiro acusados pelos crimes de obstrução, desobediência e crime militar, durante a greve dos caminhoneiros e da vigência do Decreto de Garantia da Lei e da Ordem emitido pelo governo federal.

Os detidos, segundo confirmado ao Jornal MINUANO, ontem, irão responder na Justiça Militar em liberdade. Segundo o chefe do setor de comunicação social da 3ª Brigada de Cavalaria Mecanizada (3ª Bda C Mec), coronel José Antônio Marques da Silva, os acusados passaram, na semana passada, por uma audiência de custódia e foram liberados.

Deixe seu comentário abaixo

Mais notícias da edição

Outras edições

Carregando...