ANO: 25 | Nº: 6312
14/06/2018 Fogo cruzado

Comissão vai analisar Plano Municipal dos Direitos da Pessoa com Deficiência

Foto: Emanuel Muller/ Especial JM

Compede também tratou sobre definição de agenda com chefe do Executivo
Compede também tratou sobre definição de agenda com chefe do Executivo
Durante reunião ordinária mensal, realizada na terça-feira, 12, o Conselho Municipal dos Direitos da Pessoa com Deficiência (Compede) de Bagé criou uma comissão para analisar os itens prioritários para implementação do Plano Municipal dos Direitos da Pessoa com Deficiência.
O colegiado também deliberou sobre a definição de uma agenda com o prefeito Divaldo Lara, do PTB, para exposição do plano. A comissão é composta pelos conselheiros Carlos Silva, Cimone Halberstadt, Ruibar Freitas, Mara Rúbia Rosa e Lígia Gomes. O primeiro encontro foi agendado para o dia 26 de junho, às 14h30min, no Caminho da Luz.
Os planos municipais servem para nortear o desenvolvimento de políticas públicas, destacando objetivos e metas. Em Curitiba, capital do Paraná, por exemplo, o planejamento foi dividido em sete eixos, que abrangem arquitetura e urbanismo, saúde, educação, assistência social, trabalho, cultura (que contempla turismo, esporte, lazer e juventude) e gestão.


Deliberações 
Cimone, que representa a Associação Bajeense de Pessoas com Deficiência e Familiares (Abadef), permanece na vice-presidência do Compede. Durante a reunião do conselho, também foram apresentados os novos representantes das secretarias municipais. Entre eles estão Carlos Silva (Kurt), da Secretaria Municipal de Cultura e Turismo, Rafael Fernandes, da Secretaria Municipal de Juventude, Esporte e Lazer, e Fernanda Feijó, suplente pela Secretaria Municipal de Educação e Formação Profissional.
A possibilidade de descentralizar as reuniões também esteve na pauta da reunião. Os conselheiros aprovaram que os encontros mensais prossigam no Caminho da Luz, mas, no caso de alguma das entidades representativas do Compede ou das secretarias municipais abrirem a possibilidade de sediar os encontros, bastará encaminhar uma solicitação e os conselheiros aprovarem para alteração do local das reuniões.

Deixe seu comentário abaixo

Em tempo real

Mais notícias da edição

Outras edições

Carregando...