ANO: 25 | Nº: 6405
14/06/2018 Editorial

Fim do prazo para prevenção

Se o clima de outono já dá dicas de como será o inverno, com temperaturas negativas, como as registradas na madrugada passada, também na região, é mais que oportuno que a população, ciente dos problemas de saúde causados pelo frio, busque ampliar os mecanismos de defesa do organismo.

Uma oportunidade, aliás, é a campanha de vacinação contra a gripe. Em Bagé, até o último levantamento oficial, realizado no dia 7, aproximadamente 22,8 mil doses haviam sido aplicadas. Contudo isso ainda não abrange a totalidade do público-alvo que, diga-se de passagem, foi ampliado no Rio Grande do Sul.

A mudança teve um objetivo direto e dentro da meta da própria campanha: prevenir. De acordo com o divulgado, as novas faixas inseridas no grupo prioritário compõem as categorias onde fora registrada a maior incidência de doenças na atualidade no RS: dos 44 casos de influenza confirmados, este ano, no Rio Grande do Sul, oito são em crianças entre 5 e 9 anos e nove são em pessoas com idade entre 50 e 59 anos.

Agora, porém, é preciso mais celeridade de quem necessita, ou quer, ser vacinado. A campanha encerra amanhã e, portanto, não adianta lamentar após superado o prazo. As doses estão disponíveis e o atendimento está formatado para garantir que todos integrantes dos grupos prioritários sejam contemplados.

Deixe seu comentário abaixo

Em tempo real

Outras edições

Carregando...