ANO: 25 | Nº: 6308
Em tempo real
14/06/2018 às 18h48 Segurança

Operação combate tráfico próximo de escolas

Foto: Divulgação

Duas mulheres foram presas, uma em Bagé e uma em Dom Pedrito
Duas mulheres foram presas, uma em Bagé e uma em Dom Pedrito

Uma operação que combate o tráfico de drogas próximo a escolas foi deflagrada na quarta-feira, de forma simultânea e sincronizada, pelas Polícias Civis do Rio Grande do Sul, Santa Catarina e Paraná. Batizada com o nome de Anjos da Lei, a ação tem como principal objetivo evitar que o malefício das drogas chegue ao ambiente escolar.

Iniciada no mês de março do ano de 2011, no Departamento Estadual de Investigações do Narcotráfico (Denarc) da Polícia Civil do Rio Grande do Sul, em 2016, passou a ser realizada por todos os departamentos da Polícia Civil gaúcha. Segundo o subchefe de Polícia, delegado Leonel Fagundes Carivali, coordenador da operação no Rio Grande do Sul, a operação é uma ação policial especial e permanente contra o tráfico de drogas nas imediações de escolas, unindo repressão e prevenção.

A Anjos da Lei tornou-se prioridade, pois é no ambiente escolar que se encontram os jovens e crianças que são os alvos mais vulneráveis para a atuação e influência do tráfico de drogas, no consumo ou em atividade do tráfico. Na parte da aplicação da Lei de Drogas, além dos crimes de tráfico de drogas e eventualmente associação para o tráfico, também responderá o criminoso que estiver traficando nas imediações de escola pelo artigo 40, inciso III da Lei de Drogas, que traz a previsão de aumento de pena de um sexto até dois terços.

No Rio Grande do Sul, nos dias de ontem e hoje, a Polícia Civil gaúcha participou da Operação Anjos da Lei por meio do Departamento de Polícia do Interior, Departamento de Polícia Metropolitana e Departamento Estadual de Investigações do Narcotráfico, empregando 737 policiais. Foram cumpridas 308 ordens judiciais no estado, totalizando 110 presos e 20 adolescentes apreendidos. Setenta e nove armas, 87 quilos de maconha e 667 gramas de cocaína, além de outros tipos de drogas foram apreendidos.

Ao todo, 316 pessoas foram presas/apreendidas por envolvimento com o tráfico de drogas nas proximidades das escolas nos Estados do Rio Grande do Sul, Santa Catarina e Paraná. Em Bagé, foram cumpridos sete mandados de busca e apreensão e uma mulher foi presa com mais de um quilo de crack.

Em Dom Pedrito, os agentes cumpriram dois mandados. Na Vila Argeni, Danize Melgarejo, 26 anos, foi presa acusada de tráfico de drogas. Os policiais apreenderam 400 gramas de maconha, seis gramas de cocaína, 80 gramas de crack, telefones celulares, R$ 300 em dinheiro, folhas com nomes de possíveis clientes e devedores, além de cartões de crédito de pessoas, que serão averiguados.

 

Mais imagens

Deixe seu comentário abaixo

Em tempo real

Mais notícias da edição

Outras edições

Carregando...