ANO: 25 | Nº: 6379
20/06/2018 Segurança

Homem é preso por receptação e ligação com acusados de roubo à joalheria

Foto: Divulgação

Matheus Funari, 19 anos
Matheus Funari, 19 anos

Matheus Funari, 19 anos, foi preso no final da manhã de ontem, por receptação e por ligação com os dois acusados presos, na manhã de segunda-feira, após roubo a uma joalheria no centro de Bagé. A dupla detida, anteriormente, foi capturada após perseguição e troca de tiros.
Conforme a investigação da Delegacia Especializada em Furtos, Roubos, Entorpecentes e Capturas (Defrec) e Brigada Militar (BM), os acusados são suspeitos de uma série de roubos de motocicletas e uma tentativa de roubo contra outra joalheira, no final do mês passado.
Em diligências para identificar a participação de outros suspeitos no crime, havia a suspeita de que o assalto, mais uma vez, havia sido ordenado de dentro do Presídio de Pelotas, pelo apenado Tiago Rafael Leges Ferreira, conhecido como Tiago Mochilão, que, segundo a polícia, tem ligações com tráfico de drogas e roubos, além de ser apontado como líder de uma facção conhecida como Zona Leste (ZL).
Na apuração, inicialmente, foi encontrado um veículo Fox, cor cinza, na avenida Leonel Brizola. O carro estava com placas clonadas, em uma residência no bairro Balança. O imóvel, segundo os investigadores, serviria de esconderijo para os assaltantes após o crime. Após isso, em outro ponto da cidade, na Cohab, os policiais localizaram Funari, que estava de posse de outro veículo, também roubado e com placas adulteradas – um Ford/KA. Ele, então, foi preso em flagrante por receptação e adulteração de sinais de veículo.
Os policiais, na sequência, localizaram, em um apartamento no Residencial São Sebastião, capacetes e pertences de outras vítimas que haviam sido assaltadas pelos três acusados. O titular da Defrec, delegado Cristiano Ritta, ressaltou que a prisão desses três indivíduos é importante para encerrar uma onda de crimes na cidade, pois há diversos inquéritos de roubo a motoristas, postos de gasolina e joalheiras em que os mesmos inidvíduos são investigados. "Um dos presos no roubo contra a loja de joias é foragido do sistema penitenciário de Pelotas e foi identificado por tentar realizar um roubo na cidade de Dom Pedrito, em outra joalheria e óptica", conta.
Assim como os presos na segunda-feira, Funari foi encaminhado para a Delegacia de Polícia de Pronto Atendimento (DPPA) e, após a autuação, foi recolhido ao Presídio Regional de Bagé (PRB), onde ficará à disposição da Justiça. A Defrec recebe denúncias através do WhatsApp (53) 99930-5873 e a Brigada Militar através do WhatsApp (53) 99704-0632.

Mais imagens

Deixe seu comentário abaixo

Em tempo real

Mais notícias da edição

Outras edições

Carregando...