ANO: 26 | Nº: 6577
20/06/2018 Segurança

IGP inicia formação de novos servidores

O Instituto-Geral de Perícias (IGP) deu início ao curso de formação de seus novos servidores ontem. A aula inaugural ocorreu no auditório do Centro Administrativo Fernando Ferrari (CAFF) e contou com a presença do governador José Ivo Sartori e do secretário da Segurança Pública, Cézar Schirmer. Em 90 dias, eles estarão aptos a desempenhar as suas atividades.
O ato marcou o fim de um período de dez anos sem ingresso de novos servidores na instituição. O concurso público, realizado em 2017, despertou o interesse de candidatos de todo o Brasil. Entre os aprovados, estão profissionais do Distrito Federal, Espírito Santo, Minas Gerais, Paraná, Rio de Janeiro e São Paulo.
Iniciaram o curso de formação 30 peritos criminais, 31 médicos legistas e 27 técnicos em perícia. Outros 18 profissionais serão chamados, para completar as 106 vagas previstas em edital. A previsão é de que servidores sejam nomeados para a Central de Perícias regional, que será instalada em Bagé.
O curso de formação possui duração de 90 dias. Os primeiros 30 dias compreendem o módulo básico, comum a todas as carreiras, cujas aulas serão ministradas na Academia Integrada da Segurança Pública (ACISP). Após, os servidores serão designados para os seus respectivos departamentos, onde receberão a formação especializada durante 60 dias.
A diretora-geral do IGP, Heloísa Kuser, destacou a importância da reposição de efetivo no momento em que o governo estadual redobra os esforços para reduzir os índices de criminalidade. “O trabalho do IGP possui um papel estratégico, ao proporcionar a materialidade da prova, necessária para a elucidação dos crimes. Não existe faculdade para o que vocês irão aprender, nem preparação para a dura rotina que os espera. O dia a dia será vital para o desenvolvimento das melhores práticas”, assegurou.

Deixe seu comentário abaixo

Em tempo real

Mais notícias da edição

Outras edições

Carregando...