ANO: 25 | Nº: 6278
20/06/2018 Segurança

Investigação da 1ª DP prende suspeitos por morte de pedreiro em 2017

Foto: Divulgação

Fabiano Terres Cavalheiro
Fabiano Terres Cavalheiro
Policiais do setor de investigação da primeira Delegacia de Polícia Civil prenderam, na manhã de ontem, David Alceu Peres de Mello e Fabiano Terres Cavalheiro, em cumprimento a mandados de prisões preventivas. Ambos foram indiciados pela morte, em 2017, do pedreiro Luiz Carlos Machado, conhecido como Alegrete, 51 anos.

De acordo com a delegada Daniela Barbosa de Borba, titular da 1ª DP, a investigação chegou até a autoria após colher depoimentos de testemunhas. Cavalheiro já estava preso no Presídio Regional de Bagé (PRB), por porte ilegal de arma de fogo, recebendo, agora, a prisão preventiva por homicídio.

Segundo os policiais civis da investigação, Mello foi preso na casa da companheira dele, ontem, no bairro Tiarajú.

Crime

Na noite do dia 16 de dezembro de 2017, na esquina da avenida Emílio Guilain com a rua Professor Antônio Gomes, bairro Castro Alves, a vítima foi alvejada a tiros e morreu no local. Na ocasião, testemunhas teriam visto quando dois homens, em uma motocicleta com a placa coberta, passaram pelo pedreiro e efetuaram os disparos. As testemunhas também disseram, à época do fato, que ouviram cerca de cinco tiros, que teriam sido desferidos contra "Alegrete".


 

Mais imagens

Deixe seu comentário abaixo

Em tempo real

Mais notícias da edição

Outras edições

Carregando...