ANO: 26 | Nº: 6544
21/06/2018 Fogo cruzado

Perondi adianta que ministério tem prazo para avaliar projeto da barragem

Foto: Reprodução JM

Parlamentar publicou vídeo em seu perfil pessoal em uma rede social
Parlamentar publicou vídeo em seu perfil pessoal em uma rede social
O vice-líder do governo federal na Câmara do Deputados, Darcísio Perondi, do MDB gaúcho, adiantou, ontem, que todos os documentos e estudos técnicos relacionados à obra da barragem da Arvorezinha devem ser analisados pelo Ministério da Integração em 10 dias. “O projeto inicial subiu de R$ 48 milhões para R$ 87 milhões, porque muitas das etapas terão quer ser realizadas novamente. Agora, vamos convencer o Ministério do Planejamento a destinar o restante dos recursos”, pondera.
A construção da barragem foi iniciada em 2011 e embargada pela Justiça em 2013. O embargo foi encerrado em 2016. No ano passado, a prefeitura iniciou a articulação para retomar as obras. Perondi, que esteve reunido com técnicos do Ministério da Integração, afirma que a retomada dos trabalhos está mais próxima. Durante a agenda, ele reforçou que que os R$ 19 milhões já empenhados precisam ser pagos ainda este ano. “É inadmissível, uma cidade grande e histórica como Bagé viver sob racionamento há vários anos”, define.

Deixe seu comentário abaixo

Mais notícias da edição

Outras edições

Carregando...