ANO: 26 | Nº: 6526
29/06/2018 Fogo cruzado

Agentes de endemias recebem abono retroativo

Os 28 servidores que atuam na área de endemias recebem, hoje, a parcela referente ao pagamento do incentivo adicional de 2017. Cada agente deve ter creditado o valor correspondente ao piso nacional da categoria, fixado em R$ 1,014.
A lei que garante o pagamento, de autoria do Executivo, foi sancionada em maio, pelo prefeito Divaldo Lara, do PTB, autorizando o repasse do Ministério da Saúde para o pagamento do abono aos Agentes de Combate às Endemias. O secretário municipal de Economia, Finanças e Recursos Humanos (Sefir), José Otávio Ferrer, destaca que o repasse supera os R$ 28 mil. “O incentivo adicional é popularmente conhecido como 14º salário, sendo quitado no último trimestre de cada ano. O valor se trata de uma verba vinculada, onde 95% advêm de recursos federais e 5% é contrapartida do município, cumprindo a Lei 12.994, de 17 de junho de 2014”, explica.
Na avaliação de Divaldo, o abono representa uma conquista para a categoria. “Os agentes são muito importantes pelo trabalho que desenvolvem, principalmente, na prevenção de doenças. É uma ação de valorização pelo esforço e empenho que desenvolvem em sua função”, avalia.
O coordenador de vigilância em saúde, Marcelo Fernandes, observa que todos os servidores que atuam na área de combate às endemias serão contemplados. O secretário de Saúde e Atenção à Pessoa com Deficiência, Mário Mena Kalil, salienta que esse é um incentivo para a humanização dos atendimentos. “Valorizar os profissionais é um dos grandes legados que deixaremos. A busca é incansável pela humanização no atendimento público”, pontua.

Deixe seu comentário abaixo

Mais notícias da edição

Outras edições

Carregando...