ANO: 25 | Nº: 6309
30/06/2018 Cidade

Transporte coletivo de Candiota circula com valores reajustados a partir de domingo

Foto: Arquivo JM

Transporte liga núcleos habitacionais rurais e urbanos
Transporte liga núcleos habitacionais rurais e urbanos

Sem alteração desde 2016, as tarifas do transporte coletivo de Candiota foram reajustadas ontem e passam a valer a partir de domingo (1º). O valor foi acordado entre a empresa Kopereck e a prefeitura.
O chefe do Executivo, Adriano Castro dos Santos, explica que, após dois anos, a empresa ingressou com pedido de reajuste das tarifas. A proposta com os valores solicitados pela empresa foi encaminhada para análise do Setor de Contabilidade e Controle Interno da Prefeitura. O município apresentou uma contraproposta, que foi aceita pela empresa e passa a vigorar a partir da próxima semana.
O reajuste foi de 5,934%. Agora, as tarifas passam a vigorar com diferentes valores para zona urbana e rural. Para o transporte feito dentro da cidade, a linha do Seival passa a rodar com custo de R$ 1,80 e para as demais localidades da sede do município com valor de R$ 3,60.
Já para a zona rural, a tarifa mínima foi determinada em R$ 4,02, mesmo valor da linha para Nossa Senhora Aparecida. A linha Santa Lúcia/Passo do Tigre/Romeu/Dago, passa a custar R$ 5,4 . As linhas Pinto e Oito de Agosto custarão R$ 8,15. A linha Aroeira teve valor definido em R$ 9,05 e, por último, a linha Madrugada passa a custar R$ 10,80.
Candiota conta, atualmente, com 9,8 mil habitantes em seis núcleos urbanos, além de assentamentos rurais. “Por isso o transporte coletivo é importante, para unir todas as regiões da cidade”, aponta o prefeito.

Deixe seu comentário abaixo

Mais notícias da edição

Outras edições

Carregando...