ANO: 25 | Nº: 6401
02/07/2018 Cidade

Bagé atinge número de votos necessários e deve acessar recursos da Consulta Popular 2018/2019

Foto: Antônio Rocha

Resultados do aplicativo começam a ser apurados hoje
Resultados do aplicativo começam a ser apurados hoje

Inicia hoje a contagem dos votos das urnas off-line da Consulta Popular 2018/2019. A votação ocorreu na semana passada, entre os dias 26 e 28, com inclusão do dia 29 para votação on-line, em função de alguns problemas pontuais no primeiro dia do pleito.
O presidente do Conselho Municipal de Desenvolvimento (Comude), Josafá Oliveira, explica que a companhia de Processamento de Dados do Estado do Rio Grande do Sul (Procergs), responsável pela apuração dos votos off-line, inicia a contagem hoje, em todo o Estado. O resultado final deve ser anunciado amanhã.
Enquanto isso, é possível realizar uma avaliação dos votos on-line, que já garantiram a classificação de Bagé para acesso aos valores da Consulta Popular, que será destinado ao Conselho Regional de Desenvolvimento (Corede Campanha), que reúne sete municípios da região. A última informação disponibilizada registrou 3,8 mil votos on-line somente na Rainha da Fronteira. "A minha expectativa é quanto à votação off-line de Bagé. Acho que vamos bater a votação do ano passado, quando obtivemos mais de cinco mil votos", destaca Pereira.
Os municípios de Dom Pedrito, Caçapava do Sul, Hulha Negra e Lavras do Sul também alcançaram os índices mínimos de votação somente com as participações on-line. Candiota e Aceguá foram os dois únicos municípios que não obtiveram o número mínimo de votações realizadas diretamente no site da Consulta. Entretanto, ainda há expectativa de que as duas cidades atinjam os índices com os votos off-line, que serão apurados hoje.
O vice-presidente do Corede, Fábio Pintos, explicou que a apuração dos votos off-line muda bastante o resultado das votações, e está otimista com o resultado que será anunciado pelo governador, José Ivo Sartori, amanhã. "Estes municípios (Candiota e Aceguá) historicamente trabalham bastante com aplicativo para atender as pessoas no interior que têm dificuldade de acesso à internet. Acredito que, com estes dados, todos os municípios vão atingir os coeficientes mínimos de votação proporcional ao número de eleitores", comenta.

 

Deixe seu comentário abaixo

Mais notícias da edição

Outras edições

Carregando...