ANO: 25 | Nº: 6381
05/07/2018 Cidade

Formação capacita profissionais para construção da paz nas escolas

Foto: Tiago Rolim de Moura

Formação foi ministada por monitora da Ajuris
Formação foi ministada por monitora da Ajuris
O Ministério Público (MP) finalizou, ontem, a segunda etapa da Capacitação em Justiça Restaurativa e Círculos de Construção de Paz. O curso foi destinado para 25 profissionais da área de educação do Estado e município e da Rede de Proteção à Criança e ao Adolescente que prestam serviço no Centro de Referência Especializado de Assistência Social (CREAS) e no Centro de Atenção Psicossocial Infantil (Caps I).

Conforme a promotora de Justiça da Infância e Juventude, Marlise Martino Oliveira, a formação visa trabalhar metodologias e estratégias para buscar a conciliação frente aos conflitos nas escolas. “Os participantes são multiplicadores e irão levar para as instituições formas de evitar a violência em sala de aula, além de respeito aos colegas e valores”, diz.

Marlise ressalta que a capacitação foi custeada com verbas alternativas da Vara de Execução Criminal através do projeto encaminhado pelo MP. A titular da Promotoria de Infância e Juventude salienta que as atividades referentes a este tema devem ser ampliadas. Para isso, já está sendo tratada a realização de um seminário de Justiça Restaurativa. “Iremos traçar os próximos passos junto com o Estado e o município”, conta.

O curso foi ministrado pela monitora da Associação dos Juízes do Rio Grande do Sul (Ajuris), Rafaela Duso, que propiciou conhecimento do conceito de Justiça Restaurativa, princípios, fundamentos e resultados das experiências com as práticas restaurativas e outras técnicas autocompositivas, na perspectiva da cultura de paz.

A capacitação iniciou na segunda-feira e, na abertura, estiveram presentes, além da promotora, orientadoras educacionais, professores da rede estadual e profissionais dos CAPS e do CREAS, o coordenador da 13ª Coordenadoria Regional de Educação, José Carlos Nobre, e a representante da Secretaria Municipal de Educação e Formação Profissional (SMED), Maria Isabel Costa, especialista em Orientação Educacional, psicopedagoga e neuropsicopedagoga.

Mais imagens

Deixe seu comentário abaixo

Mais notícias da edição

Outras edições

Carregando...