ANO: 25 | Nº: 6356
05/07/2018 Cidade

Mais de 7,4 mil bajeenses são beneficiados com o aumento no Bolsa Família

Foto: Arquivo JM

Valor destinado à Rainha da Fronteira, ao mês, chega a R$ 1,08 milhão
Valor destinado à Rainha da Fronteira, ao mês, chega a R$ 1,08 milhão

O reajuste do Bolsa Família, de 5,67%, começou a ser pago este mês. Em Bagé, 7,.479 famílias foram beneficiadas com o aumento. A adequação cobre o Índice Nacional de Preços ao Consumidor (INPC) acumulado de julho de 2016 a março de 2018 (4,01%). Os valores mensais destinados para a Rainha da Fronteira passam de R$ 1.024 milhão para R$ 1.080 milhão.

Conforme o coordenador de cadastros da Secretaria Municipal de Assistência Social, Habitação e Direitos do Idoso (Smasi), Paulo Larrosa, o beneficio médio, em Bagé, era de R$ 136,99 e subiu para R$ 143. O básico teve um acréscimo de R$ 4 e subiu de R$ 85 para R$ 89. O valor por criança ou adolescente de 0 a 15 anos foi de R$ 39 para R$ 41 e o benefício ao jovem, que vai até 18 anos, de R$ 46 para R$ 48.

Segundo estatísticas do Ministério de Transparência e Controladoria-Geral da União, o Bolsa Família injetou, em 2017, uma média de R$ 996,2 mil por mês, tendo um total de R$ 11.955.458 no ano. Conforme Larrosa, houve um aumento no número de beneficiários, desde abril deste ano, onde 7,2 mil famílias eram beneficiadas. “O Ministério anunciou que não existe mais fila de espera”, diz.

No Rio Grande do Sul, o índice representa uma suplementação prevista de R$ 3,4 milhões a mais por mês na folha de pagamento do programa. Até o final do ano, o reajuste destinará cerca de R$ 20,4 milhões a mais às famílias beneficiárias. Em junho, o programa destinou R$ 57,6 milhões para 357,4 mil famílias no Estado.

No País, cerca 46,6 milhões de brasileiros contam, todos os meses, com o auxílio do Bolsa Família para garantir a alimentação, a saúde e a educação da família. Considerando a projeção do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), que estima que haja 208,9 milhões de habitantes no País, cerca de 22% da população é beneficiada pelo programa social.

O benefício auxilia famílias com renda per capita mensal de até R$ 85 ou de R$ 85,01 a R$ 170, no caso dos que tenham crianças ou adolescentes de zero a 17 anos. A autorização do reajuste foi anunciada pelo presidente da República, Michel Temer, em maio, durante o pronunciamento sobre o Dia do Trabalho.

 

Deixe seu comentário abaixo

Mais notícias da edição

Outras edições

Carregando...