ANO: 24 | Nº: 6057
07/07/2018 Cidade

De Dom Pedrito: o colorado de 117 anos

Foto: Divulgação

"Seu Santos" foi homenageado pelo Inter

por Victória De Leon e Júlia Salazart
Acadêmicas de Jornalismo da Urcamp

A longevidade é algo que a maioria, senão a totalidade da humanidade, sonha em conseguir. Atualmente, especialistas afirmam que é possível viver bem e com saúde até 75,8 anos, segundo o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), em uma pesquisa feita em 2016. Bem diferente de quem nasceu na década de 70, que tinha expectativa de vida de 57,6 anos. Em Dom Pedrito, na Campanha gaúcha, porém, vive um senhor de 117 anos. Santos Santana Afonso nasceu em 12 de março de 1901, segundo consta em sua certidão de nascimento e pode ser considerado uma das pessoas mais velhas do mundo.
Sabendo desse fato, por incrível que pareça e deixando a rivalidade de lado, um gremista gravou um vídeo chamando a atenção dos colorados para o torcedor. Ao ter conhecimento do vídeo, o consulado do Sport Clube Internacional da cidade de Dom Pedrito e os funcionários do asilo Major Alencastro da Fontoura, onde reside o Santos, resolveram fazer uma surpresa para ele.
Uma comitiva do clube saiu de Porto Alegre com destino a Dom Pedrito. Considerado o torcedor mais velho do time gaúcho, o colorado recebeu a visita de alguns ex-jogadores do Internacional, que ficaram encantados em saber da existência de um torcedor mais velho que o próprio clube. Iarley, Fabiano, Índio e Pinga foram os escolhidos para realizar a visita e conhecer o torcedor, em ato ocorrido no mês passado.
O diretor de Relação Social, Luís Carlos Hauber, fez uma breve declaração. “Estamos aqui na bela Dom Pedrito, na Capital da Paz, para mais um evento consular e também para homenagear o seu Santos. É o colorado vivo mais velho do mundo”, sentenciou durante a visita..
O evento contou com a participação de diversos torcedores colorados da cidade que se reuniram para ver, mesmo que de longe, os ídolos que deram muitas alegrias à torcida e até o gremista que deu início a isso tudo esteve prestigiando. Um dos organizadores do evento e cônsul do consulado do Internacional em Dom Pedrito, Leonardo Batista, falou da importância da visita. “A alegria do Santos ao receber os ídolos do Internacional, os presentes que ele recebeu, todos os donativos que foram enviados ao asilo. Isso foi muito importante para nós", reconheceu ao exaltar a realização do evento.
Seu Santos, mesmo sem conseguir falar, deixou transparecer o quanto estava feliz, vivenciando o momento. O sorriso não saiu do rosto enquanto seu sonho se tornava realidade.
O colorado mais antigo de que se tem notícia conheceu os ídolos e reuniu gremistas e colorados em prol de um bem comum, mostrando que a rivalidade fica apenas dentro do campo durante os 90 minutos, mais acréscimos, de uma partida de futebol.

Deixe seu comentário abaixo

Mais notícias da edição

Outras edições

Carregando...