ANO: 24 | Nº: 5982
11/07/2018 Segurança

Mulher é presa em Uruguaiana com joias roubadas de joalheria bajeense

Foto: Divulgação

Acusada estava com veículo usado em fuga
Acusada estava com veículo usado em fuga

Maria Luísa Rosa Pastorini, de 25 anos, foi presa por volta das 11h de segunda-feira, na rua Rodrigues Portugal, em Uruguaiana, durante ação da Delegacia Especializada em Furtos, Roubos, Entorpecentes e Capturas (Defrec), com apoio do setor de inteligência da Brigada Militar de Bagé e do Pelotão de Operações Especiais (POE) da Brigada Militar de Uruguaiana, acusada pelo crime de receptação de joias e relógios.

Em investigação, os policiais descobriram que a mulher estava com parte das joias roubadas, no final de março desse ano, em duas joalherias da cidade - Óptica Bagé e Mosaico Joias e Acessórios. Os policiais também encontraram, com ela, o carro usado para a fuga após o assalto à óptica. O veículo, segundo informado, aparece em imagens de videomonitoramento, quando os acusados fugiram em um Renault Logan, que foi abandonado próximo ao Museu Dom Diogo de Souza.

A acusada disse que ficou com as joias como pagamento por ter auxiliado na fuga, em seu veículo. Ela teria dito que foi ameaçada por Tiago Rafael Leges Ferreira, conhecido como Tiago “Mochilão”, caso não auxiliasse na ação. De acordo com ela, o grupo planejava outros roubos na região.

O titular da Defrec, delegado Cristiano Ritta, informou que, durante as investigações, já haviam sido recuperadas diversas joias dos dois roubos e alguns dos criminosos também já foram identificados. “Com a prisão, as diligências estão em fase final de investigação”, destacou.

Na manhã de segunda-feira, os policiais cumpriram três mandados de busca e apreensão na cidade de Bagé é Uruguaiana, expedidos pela 2ª Vara Criminal de Bagé. O grupo que realizou esses assaltos é liderado pelo detento Tiago “Mochilão”, recolhido no Presídio Regional de Pelotas, de acordo com a polícia. Ele também é acusado de comandar a tentativa de um segundo roubo a uma das joalherias, onde dois indivíduos foram presos em flagrante, e no roubo de joias ocorrido no mês passado, na Síntese Joias, na avenida Sete de Setembro, o qual foi impedido por rápida ação da Brigada Militar.

A polícia destaca que denúncias anônimas podem ser encaminhadas através do WhatsApp da Defrec (53) 99930-5873 e da Brigada Militar (53) 99704-0632.

Mais imagens

Deixe seu comentário abaixo

Mais notícias da edição

Outras edições

Carregando...