ANO: 26 | Nº: 6577
14/07/2018 Cidade

Compede debate Plano Municipal dos Direitos da Pessoa com Deficiência

A reunião ordinária de julho do Conselho Municipal dos Direitos da Pessoa com Deficiência (Compede) de Bagé, realizada na manhã de terça-feira, no salão de eventos do Caminho da Luz, deliberou sobre a apreciação e aprovação das prioridades elencadas para fins de encaminhamento ao Poder Executivo e demais segmentos responsáveis pelo cumprimento das medidas. Também foi discutida a solicitação ao gabinete do prefeito das providências necessárias ao efetivo funcionamento do Fundo Municipal de Defesa dos Direitos da Pessoa com Deficiência, conforme estabelecido na lei que instituiu o Sistema Municipal de Defesa dos Direitos da Pessoa com Deficiência.
No encontro foi apresentado um relatório sobre a análise dos itens para implementação mais urgente do Plano Municipal dos Direitos da Pessoa com Deficiência. O trabalho, realizado pela comissão composta pelos conselheiros Carlos Silva, Cimone Halberstadt, Ruibar Freitas, Mara Rúbia Rosa e Lígia Gomes, apontou as 30 principais demandas que precisam de aplicação imediata, em diferentes setores. O próximo passo é a realização de um encontro com segmentos do Poder Executivo para dar ciência das demandas em curto, médio e longo prazos.
Conforme divulgado, ficou estabelecido que no dia 24 de julho haverá um encontro com representantes das áreas da Cultura, Turismo , Esporte e Lazer para debater os eixos referentes a esses segmentos. No dia 25 de julho a comissão tentará um encontro na Câmara de Vereadores porque há temas que tratam sobre legislação.

Fundo
Em relação à efetivação do Fundo Municipal dos Direitos da Pessoa com Deficiência, os conselheiros deliberaram sobre o encaminhamento à prefeitura para a elaboração da portaria de criação do Fundo. O Compede irá solicitar a nomeação de dois representantes do Executivo que irão constituir a comissão responsável pelo gerenciamento do Fundo. Pelo Conselho, foi indicada como representante a gerente da Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais (Apae) em Bagé, Fernanda Oliveira. 
Durante a reunião, a conselheira Cimone Halberstadt apresentou ofício encaminhado pelo gabinete do vice-prefeito solicitando a participação das entidades com assento no Compede para a realização de um Censo Municipal das Pessoas com Deficiência. A intenção é buscar estratégias que permitam a obtenção de dados estatísticos sobre as atuais condições das pessoas com deficiência no município, levantando um diagnóstico. 
A última parte do encontro foi destinada à apresentação de como está sendo elaborado o site do Conselho, com sugestões de apresentação do conteúdo, quem integra o Compede, finalidades e ferramentas que permitam o contato maior com a comunidade. Uma das sugestões foi que o conteúdo seja apresentado em audiodescrição - em especial para melhorar a acessibilidade a pessoas com deficiência visual. A intenção é que nos próximos dias o conteúdo já esteja disponível na rede mundial de computadores. 
A próxima reunião do Conselho está marcada para o dia 14 de agosto, no salão de eventos do Caminho da Luz. 

Deixe seu comentário abaixo

Mais notícias da edição

Outras edições

Carregando...