ANO: 25 | Nº: 6208

Viviane Becker

viviminuano@hotmail.com
Colunista social do Jornal Minuano, Viviane Becker é experiente jornalista de geral e conhecida editora do caderno de variedades Ellas.
14/07/2018

Luiz Fernando Mainardi concede Medalha da 54ª Legislatura à Lia Quintana

Foto: Rosane Coutinho

A imagem mostra a descontração da festa que marcou a noite da última quinta-feira
A imagem mostra a descontração da festa que marcou a noite da última quinta-feira
O deputado Estadual Luiz Fernando Mainardi entregou, na noite desta quinta-feira (12/07), a Medalha da 54ª Legislatura da Assembleia do Rio Grande do Sul, à presidente da Fundação Attila Taborda e reitora da Universidade da Região da Campanha, Lia Maria Herzer Quintana, que foi a primeira mulher a assumir a entidade de ensino em mais de 60 anos de história.  A distinção é uma honraria concedida em nome dos cidadãos gaúchos, simboliza o respeito e a admiração do Poder Legislativo do Estado do Rio Grande do Sul.
 Duas solenidades marcaram a cerimônia de outorga da Medalha. O reconhecimento aconteceu na quarta-feira, na sala da presidência da Assembleia Legislativa, em Porto Alegre. No dia seguinte,  às 20h, no complexo do Museu Dom Diogo de Souza, os bajeenses puderam acompanhar esse momento histórico. 

A noite memorável marcou a trajetória profissional e pessoal dessa gestora, que há anos vem driblando as dificuldades e fazendo a universidade crescer e prosperar.
O evento reuniu centenas de autoridades, imprensa, colaboradores, convidados, familiares e amigos,  proporcionando uma reflexão sobre o importante trabalho que essa cidadã bajeense vem fazendo pela Educação na região da Campanha. A jornalista fotógrafa Rosane Coutinho compartilha com essa social as imagens que fez do evento. Duas galerias completas podem ser conferidas no site www.rvsocial.com.br

Poesia para Lia

Lia Maria Herzer Quintana. Presidente da FAT, mãe, professora, engenheira, gestora, ou simplesmente, Lia. É desse jeito simples, numa combinação de apenas três letras, que prefere ser chamada dentro da Urcamp pelos que a procuram. Seja aluno, professor, colega, funcionário ou qualquer um que tenha nela um vínculo de amizade. Lia e Maria são dois nomes que se completam até na rima e, assim, combinam com uma série de palavras, como, por exemplo, empatia! Então, brincamos com essas três letras para rimar em poesia.

 

Lia anunciou que para Reitora iria

Muitos acharam fantasia, confundiram até com folia

Quem diria!!

Lia, persistente, agiu na diplomacia

Quando alguns nem acreditavam, ela na frente, já vencia.

A Urcamp, então, iniciou uma etapa que ninguém conhecia

Um projeto novo, audacioso, nada à revelia.

Lia ganhou espaço e aos poucos acontecia

Para muitos era só mais uma tentativa, utopia!

Mas o trabalho sempre prevalecia

E quanto mais fazia, mais conquistas se trazia

Lia cortou excessos, regalia

Fechou o que não funcionava, o que já não servia

Enfrentou sem temor os percálcios, sem melancolia

Trouxe de volta o crédito à uma Instituição que convaecia

Lia montou equipe, cercou-se de gente CAPAZ, em boa grafia

Salários atrasados, agora estavam em dia

Não houve tempo para apatia

Porque uma nova Urcamp ressurgia

Lia se mostrou capaz, mas sem megalia

Ganhou a confiança de todos, dentro da academia

Hoje recebe homenagem, um marco pra esse dia

Porque Lia não é passado, é presente e futuro, profecia! 

Uma entre várias homenagens recebidas pela reitora nesta noite especial. A poesia foi escrita pelo jornalista Chrystian Ribeiro, que integra a Assessoria de Comunicação e Marketing da Urcamp

Mais imagens

Deixe seu comentário abaixo

Outras edições

Carregando...