ANO: 25 | Nº: 6385
30/07/2018 Segurança

Ação policial detém suspeitos por tentativa de latrocínio no Passo das Pedras

Foto: Divulgação

Presos foram encaminhados ao PRB
Presos foram encaminhados ao PRB

Uma ação da Delegacia Especializada em Furtos, Roubos, Entorpecentes e Capturas (Defrec) e do setor de inteligência da Brigada Militar, com o apoio do Pelotão de Operações da Brigada Militar, resultou na prisão de quatro acusados de terem praticado, no dia 25 de julho, uma tentativa de latrocínio contra o proprietário de uma mercearia localizada no bairro Passo das Pedras.

De acordo com a investigação, na noite do crime, dois indivíduos entraram em uma mercearia, no bairro Passo das Pedras, portando armas de fogo, e anunciaram o assalto. Na saída, eles efetuaram diversos disparos contra a vítima, tendo um deles acertado no rosto e outro a perna. O grupo, conforme a polícia, fugiu levando uma pequena quantia em dinheiro. No mesmo dia, os agentes prenderam Roberto Saldanha Vicente, que era o dono do veículo utilizado no crime - um Renault/Clio prata.

Na tarde de sexta-feira, os investigadores descobriram onde ficava a residência em que os acusados estavam escondidos, no Parque Silveira Martins. Foi realizada uma incursão no local, onde foram presos os irmãos gêmeos Jailson e Jelson Andretti, 24 anos, ambos foragidos do sistema prisional e com uma extensa ficha criminal. A companheira de Jailson, já havia sido presa no dia 25 de julho, com mais de um quilo de entorpecentes, entre crack e cocaína, no bairro Getúlio Vargas.

Após a prisão dos irmãos Andretti, os policiais foram até o bairro Morgado Rosa, onde as armas e um outro suspeito pelo crime estavam escondidos. No caminho, encontraram Vanderlei Silva, também foragido do sistema prisional, com antecedentes por roubo e tráfico de drogas. Com ele estava Roberta Garcia Silva, 21 anos, que também foi presa - ele haviam entregue, para um adolescente, um revólver para ser escondido. Os policiais localizaram o menor e a arma de fogo, que estava com a numeração raspada.

O delegado Cristiano Ritta, titular da Defrec, destacou que a rápida investigação possibilitou que os indivíduos fossem presos antes de deixar a cidade. “Todos eles são da cidade de São Leopoldo e pertencem a uma facção criminosa extremamente violenta da região Metropolitana de Porto Alegre. Eles vêm para a cidade para cometer crimes, mas acabaram presos por conta da intensa troca de informações da Polícia Civil e da Brigada Militar”, explicou.

Com a ação, quatro indivíduos foram presos – três deles foragidos do sistema prisional - e uma mulher. Eles também são suspeitos de terem praticado um roubo de veículo no dia 21 de julho e um ataque contra um posto bancário no dia 19.

Os foragidos foram recolhidos ao Presídio Regional de Bagé, onde aguardam a manifestação do Poder Judiciário para decretação da prisão preventiva pelos crimes de roubo. A polícia destaca que denúncias anônimas podem ser encaminhadas através do WhatsApp da Defrec (53) 99930-5873 e da Brigada Militar (53) 99704-0632.

Mais imagens

Deixe seu comentário abaixo

Mais notícias da edição

Outras edições

Carregando...