ANO: 26 | Nº: 6590
30/07/2018 Editorial

Música para o aniversário

Ao longo dos últimos nove anos, Bagé vivenciou uma mudança exponencial em suas vertentes culturais. E não que isto se deva a movimentos já tradicionais dentro do contexto local, mas diretamente ligado à criação de um evento que passou a nutrir uma nova veia artística, seja para jovens talentos ou simplesmente para os apreciadores.

O Festival Internacional Música no Pampa, que chegou ao seu encerramento no sábado, se consolidou como um dos principais atrativos do calendário oficial. E não apenas por oportunizar a difusão da música erudita de forma ampla para Bagé e região, num espetáculo que até então somente podia ser visto em palcos distantes, mas por mobilizar uma parcela significativa da sociedade para fazer com que o evento perdurasse até os dias atuais.

A cada edição, fora as apresentações visíveis no palco do complexo cultural do Museu Dom Diogo de Souza, muito mais acontece, digamos, nos bastidores. Passa, inicialmente, pela organização, viabilizada por uma parceria entre poder público e a iniciativa privada, mas, também, pelo apoio de famílias que cedem, literalmente, suas residências para recepcionar integrantes do evento – jovens músicos que percorrem o País aprimorando teorias e práticas para além das partituras.

Não obstante, oficinas desenvolvidas ao longo de cada programação servem de apoio para que promissores talentos – até então curiosos por este mundo que encanta – vivam a expectativa de dialogar e estudar com profissionais renomados, responsáveis por ensinar em algumas das principais escolas de música do planeta. O Fimp é, sem dúvida, um presente precioso que foi integrado aos tesouros da Rainha da Fronteira.

Para o ano que vem, vale mencionar, este presente será em uma data mais oportuna ainda. Iniciará poucos dias antes do aniversário de Bagé. É evidente que mesmo, nesta edição, tendo sido integrado na programação dos festejos, realizá-lo ao longo da semana da festa trará um aspecto muito mais oportuno para a comemoração. Será a música esperada para o soprar das velas do bolo de 208 anos.

Deixe seu comentário abaixo

Outras edições

Carregando...