ANO: 25 | Nº: 6381
02/08/2018 Cidade

Primeiro dia de inscrições para novos residenciais reúne centenas de bajeenses

Foto: Tiago Rolim de Moura

Inscrição da direito ao sorteio de 1.164 moradias
Inscrição da direito ao sorteio de 1.164 moradias

Mesmo com o frio registrado ontem, na Rainha da Fronteira, centenas de candidatos aos novos residencias amanheceram na fila em frente à Secretaria de Assistência Social, Habitação e Direitos do Idoso (Smasi). Os primeiros interessados, conforme o coordenador de Habitação, Paulo Larrosa, chegaram por volta das 23h de terça-feira.

Ele explica que as inscrições habilitam o candidato a participarem do sorteio de 1.164 novas moradias do programa Minha Casa Minha Vida. As residências são da faixa 1, destinadas a famílias com renda mensal de zero a R$ 1,8 mil. As moradias estão divididas em quatro empreendimentos, dois loteamentos, com 564 casas, no bairro Morgado Rosa (zona leste), e outros dois, com 600 apartamentos, na avenida Espanha, na zona norte da cidade.

Larrosa conta que, na primeira hora da manhã, a fila já era significativa. Ele destaca que a meta é garantir o atendimento, a cada dia, de pelo menos 150 pessoas. Ontem, por exemplo, foram distribuídas senhas com os dias da semana em que cada um poderá confirmar seu cadastro no certame. “Quando ultrapassou o número de atendimentos diário, já entregamos para o próximo dia”, garante. O coordenador informa que as inscrições vão até o dia 30 de setembro e a expectativa é de que oito mil pessoas compareçam ao local.

Esperança

A técnica de Enfermagem Joice Soares Silva, 22 anos, chegou ao local ainda de madrugada, acompanhada da filha de sete meses. Ela foi atendida por volta de 10h30min e ficou aliviada por já ter realizado a inscrição. A jovem está desempregada e vive com a mãe e a filha no bairro Fênix. “Agora é só torcer para ser contemplada”, disse.

As irmãs Eliane Flores Ferreira, 32 anos, e Ana Maria Flores Ferreira, 35, permaneceram na fila desde às 5h para garantir a inscrição. Eliane é dona de casa e vive de aluguel. Já Ana Maria é doméstica e mora no bairro Castro Alves, também pagando aluguel. “Estamos na expectativa de sermos contempladas”, frisou Eliane.

O cabista Marco Antônio Lopes Alves Lucas, 25 anos, vive com os pais e a namorada no bairro Hidráulica. A esperança dele é ser contemplado para, após, poder casar. O profissional chegou no local às 7h30min e permaneceu na fila por mais de 5h. “Minha namorada também fará a inscrição. Nossa expectativa é que um de nós seja sorteado”, comentou.

A primeira fase das inscrições aconteceu em janeiro e consistiu no cadastramento e atualização de dados no sistema do CadÚnico, cadastro essencial para os cidadãos que desejam ter acesso a qualquer programa de cunho social do governo federal, como Bolsa Família ou Minha Casa Minha Vida.

Os interessados em participar do sorteio, que realizaram a primeira fase das inscrições, devem ir até a Smasi, munidos dos documentos originais: folha resumo do titular do CadÚnico e registro de identidade de cada membro da família. O coordenador de Habitação destaca que foi criada uma comissão para a realização do sorteio, que será feito em duas etapas. Uma para cada residencial. Os empreendimentos devem ser concluídos até maio de 2019.

Mais imagens

Deixe seu comentário abaixo

Mais notícias da edição

Outras edições

Carregando...